Palmeiras negocia nova redução salarial temporária com elenco

Palmeiras negocia nova redução salarial temporária com elenco

(Foto: Reprodução / SE Palmeiras)

O Palmeiras negocia um novo corte salarial com o elenco para o mês de julho. A primeira redução acordada para o departamento de futebol se deu no final de abril e foi de 25%, mas se encerra no fim de junho. Como os jogos ainda não possuem previsão de volta para o próximo mês, o clube entende que é necessário prolongar e, provavelmente, aumentar a porcentagem da redução dos salários dos atletas e comissão técnica. A informação é do site GloboEsporte.com.

Com a paralisação dos campeonatos desde março, o clube perdeu uma grande parte de suas receitas previstas com premiações, cotas de TV, bilheteria e sócio-torcedor. Dessa forma, manter o pagamento integral do departamento de futebol sem comprometer as finanças para os próximos meses é quase impossível, visto que a folha salarial do Palmeiras é uma das maiores do país.

As primeiras discussões sobre esse assunto delicado ocorreram de forma virtual, ainda em abril, e os jogadores compreenderam a situação. Agora, com o retorno das atividades presenciais na Academia de Futebol, o trato pode ser feito pessoalmente. A intenção da diretoria é conversar com o elenco de forma amistosa e aberta, para evitar atritos e insatisfações.

  • Guilherme Paladino

    Guilherme Paladino

    Palmeirense, estudante de jornalismo na UNESP, com passagem pelo Torcedores e atualmente setorista no Nosso Palestra. Apaixonado por jornalismo e por esportes. "A bola não entra por acaso."