Palmeiras reencontra Valdívia em busca de vaga que não vem desde 2001

Palmeiras reencontra Valdívia em busca de vaga que não vem desde 2001

Foto: César Greco/ Ag. Palmeiras/ Divulgação

Muitos palmeirenses que hoje frequentam o Allianz Parque não se lembram ou nem eram nascidos na última semifinal de Libertadores disputada pelo Palmeiras.

Na noite desta quarta-feira (3), o clube entra em campo para ficar entre as quatro melhores equipes do continente, algo que não acontece desde 2001.

Para isso, o time de Felipão vai precisar passar pelo Colo-Colo de Valdívia. Um empate ou até uma derrota por um gol de diferença classificam o Verdão.

Com a melhor campanha da primeira fase do torneio, passando dos chilenos, o Palmeiras decide em casa diante de Boca Juniors ou Cruzeiro na semi.

A comissão técnica do Palmeiras manteve o mistério da escalação, mas provavelmente o time irá com força máxima frente os chilenos. Weverton, Mayke, Dracena, Antônio Carlos e Diogo Barbosa; Thiago Santos, Bruno Henrique e Moisés; Willian, Dudu e Borja.

Será a primeira vez na história que Jorge Valdívia enfrentará a Sociedade Esportiva Palmeiras em São Paulo. Muitos torcedores veem o "Mago" como ídolo. No 1° jogo em Santiago, o camisa 10 foi o grande destaque do Cacique chileno.

Mais de 35 mil ingressos foram vendidos para a partida dessa noite. O Palmeiras joga para garantir a vaga e melhorar seu desempenho como mandante na competição continental. Até aqui foram quatro jogos, com duas vitórias, um empate e uma derrota.

Caso avançe, esta será a sétima semifinal do Palmeiras na história da Copa Libertadores. Em quatro oportunidades o Verdão passou para a grande decisão continental.

Ficha Técnica

Palmeiras: Weverton; Mayke, Antônio Carlos, Edu Dracena e Diogo Barbosa; Thiago Santos, Bruno Henrique e Moisés; Dudu, Willian e Borja
Técnico: Felipão

Colo-Colo: Orión; Zaldivia, Insaurralde e Barroso; Opazo, Carmona, Baeza, Valdivia e Pérez; Barrios e Pavez.
Técnico: Héctor Tápia

Local: Allianz Parque, São Paulo (SP)
Data: 03/10/2018, quarta-feira
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Wilmar Roldán (COL)

  • Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim, 27 anos, detesta quem assiste ao jogo sentado e tem como grande ídolo Armando Nogueira. Formado em Jornalismo pela UMESP em 2012, cobriu a Copa do Mundo da Rússia pelo jornal Lance!