Palmeiras tem ano com pior público no Allianz Parque pela fase de grupos da Copa Libertadores

Palmeiras tem ano com pior público no Allianz Parque pela fase de grupos da Copa Libertadores

(Foto: Cesar Greco/Agência Palmeiras/Divulgação)

O Palmeiras disputa a quarta edição seguida da Copa Libertadores pela primeira vez na história e pelo segundo ano consecutivo termina com a melhor campanha da fase de grupos.

O bom momento no torneio sul-americano não se refletiu nas arquibancadas do Allianz Parque. O público total na fase de grupos foi o mais baixo dos quatro anos.

Na soma dos três jogos, pouco mais de 88 mil pessoas estiveram presentes, cinco mil a menos do que no ano passado.

A Libertadores é a competição preferida do palmeirense em casa. A média no torneio é de 34 mil pessoas contra 30 mil do estádio no geral. Contando as partidas diante de Melgar, Junior Barranquilla e San Lorenzo a média ficou em 29.340 torcedores.

O melhor dos quatro anos foi em 2017, com 114 mil, 16 mil a mais do que nesta temporada.

Primeira fase da Libertadores no Allianz:

2016 - 103.589 pessoas
Palmeiras 2x0 Rosario Central: 36.100
Palmeiras 1x2 Nacional: 37.073
Palmeiras 4x0 River Plate: 30.416

2017 - 114.320 pessoas
Palmeiras 1x0 Jorge Wilstermann: 38.419
Palmeiras 3x2 Peñarol: 38.483
Palmeiras 3x1 Atlético Tucumán: 37.418

2018 - 93.435 pessoas
Palmeiras 2x0 Alianza Lima: 30.456
Palmeiras 1x1 Boca Juniors: 37.192
Palmeiras 3x1 Jr. Barranquilla: 25.787

2019 - 88.018 pessoas
Palmeiras 3x0 Melgar: 30.023
Palmeiras 3x0 Jr. Barranquilla: 28.791
Palmeiras x San Lorenzo: 29.204

  • Rafael Bullara

    Rafael Bullara

    Formado em jornalismo, foi editor do Lance!, onde ficou por 12 anos. MBA em Gestão e Marketing Esportivo na Trevisan Escola de Negócios