Palmeiras tem um gol e uma vitória em cinco clássicos regionais

Palmeiras tem um gol e uma vitória em cinco clássicos regionais

Foto: Divulgação/site Palmeiras

Com a eliminação palmeirense para o São Paulo no último domingo (7) por 5 a 4, nos pênaltis, por uma vaga na final do Paulistão, evidenciou os problemas ofensivos diante dos rivais do Estado, com um gol e um triunfo, em cinco clássicos.

O primeiro a passar pelo Palmeiras e não sofrer um gol sequer foi o Corinthians, que foi até o Allianz Parque e ganhou por 1 a 0, gol de Danilo Avelar.

Depois, também em casa, o alviverde não conseguiu furar o bloqueio santista liderado pelo goleiro Everson, estreante naquela partida, assim deixando o placar sem se movimentar entre Palmeiras e Santos.

Por coincidência do destino, o único que acabará sendo vazado pelo verdão foi o São Paulo, que mandou o jogo no Pacaembu, por problemas de estruturas no Morumbi.

Carlos Eduardo foi o herói da vez com um petardo de fora da área para fazer o primeiro dele com a camisa verde, e a dar o primeiro tento em clássicos no ano. Além dá única vitória até o momento.

O dado fica mais alarmante quando comparado o valor ofensivo do Palmeiras e seus rivais, de acordo com transfermarkt. Atualmente, juntando apenas meio campistas ofensivos e atacantes, o alviverde está avaliado em 73 milhões de euros (aproximadamente R$ 317 milhões).

Os atletas do São Paulo são os mais baratos. A avaliação está em 23, 8 milhões de euros (cerca de R$ 103,5 milhões). Já o maior rival, o Corinthians, tem no elenco jogadores destas posições valorado em 35 milhões de euros (algo próximo a R$ 152 milhões).

O Santos, por sua vez, neste momento com o impulso da venda do atacante Rodrygo, por estar vendido ao Real Madrid, fica só atrás do Palmeiras, com a avaliação em 62,6 milhões de euros (valor aproximado de R$ 272,3 milhões).

Com os dois zero a zero no Choque-rei, São Paulo e Palmeiras culminaram com os piores ataques na rivalidade regional. Ambos com um gol marcado contra cinco do Corinthians e três do Santos. Porém, os rivais alvinegros se enfrentam nesta segunda-feira (8) pela outra vaga na final.

  • Alysson Rodrigues

    Alysson Rodrigues

    Frustrado por não ser atleta por algo que sou apaixonado viro jornalista para unir essas paixões: leituras futebolísticas e Palmeiras.