Palmeiras x Linense: O jogo que vale mais do que três pontos

Palmeiras x Linense: O jogo que vale mais do que três pontos

Palmeiras e Linense se enfrentam nesta noite no Allianz Parque pela sétima rodada do Paulistão 2018. O jogo pode até não ter um caráter decisivo, já que o Palmeiras vem de seis vitórias seguidas e já está praticamente classificado em seu grupo do Estadual. Porém mais um êxito no jogo de logo mais pode fazer o clube bater mais alguns recordes.

Jaílson pode igualar uma importante marca de Emerson Leão como goleiro que ficou mais tempo sem perder no gol do Palmeiras. O atual camisa 49 está invicto há 27 jogos, um jogo a menos da marca de Leão. Um empate hoje no Allianz Parque já fará o Jaílsão da Massa alcançar a marca do ex-goleiro.

Jaílson também está perto de alcançar outro goleiro que marcou época no Palmeiras. A terceira maior invencibilidade de arqueiros na história palestrina tem Velloso com 29 jogos sem perder. As outras duas marcas também pertencem à Émerson Leão, sendo 34 jogos em 1973 e 42 jogos entre 1971 e 1972.

Roger Machado é outro que poderá bater uma marca expressiva em caso de vitória do Palmeiras. Caso o Verdão emplaque a sua sétima vitória seguida no Paulistão, o técnico alcançará a marca do argentino Filpo Nunez, que em 1978, emplacou uma sequência de sete triunfos após iniciar um trabalho no Verdão.

O comandante disse em coletiva ficar lisonjeado com a possibilidade de fazer história mas ponderou: “Sei que para virar o jogo é muito fácil. Não me iludo com tudo isso, quero seguir trabalhando dentro do planejamento. Se o recorde for batido, ótimo, senão vamos seguir dentro do que estamos trabalhando”, concluiu.

Outro recorde que será batido nesta noite e que foi dado em primeira mão aqui no NOSSO PALESTRA, é a marca de 3 milhões de torcedores no Allianz Parque. De novembro de 2014, data da inauguração da nova arena, para cá, o público acumulado no estádio em jogos do Palmeiras é de 2.983.655. Como mais de 20 mil ingressos já foram vendidos, o recorde será batido quando o juiz mandar a bola rolar hoje no gramado sagrado da Pompéia.

  • Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim, 27 anos, detesta quem assiste ao jogo sentado e tem como grande ídolo Armando Nogueira. Formado em Jornalismo pela UMESP em 2012, cobriu a Copa do Mundo da Rússia pelo jornal Lance!