Palmeiras x Melgar: tudo que você precisa saber sobre o time peruano

Palmeiras x Melgar: tudo que você precisa saber sobre o time peruano

Palmeiras e Melgar se enfrentarão nesta terça-feira (12) pela fase segunda rodada da fase de grupos da Copa Libertadores, às 19h15, no Allianz Parque. O Verdão vem de importante vitória por 2 a 0 sobre o Junior Barranquilla, na Colômbia. Já os peruanos, protagonizaram um empate sem gols com o San Lorenzo, como local.

Este será o primeiro confronto entre ambas equipes no torneio continental. Contra times peruanos, o Palmeiras tem em seu retrospecto dez vitórias em 12 duelos. Os outros dois confrontos foram derrotas: 2 a 1 para o Universitário de Deportes em 1979 e 1 a 0 para o Sporting Cristal, em 2013.

O Melgar disputou apenas uma partida como visitante no Brasil, perdeu por 4 a 0 para o Atlético Mineiro na Libertadores de 2016. O "Dominó" acumula treze jogos sem vitórias como visitante na máxima competição continental.

Após superar a Universidad de Chile, o clube de Arequipa se classificou de maneira agonizante contra o Caracas na fase prévia da Libertadores. O conjunto peruano perdia por 2 a 0 e se encaminhava para os pênaltis, quando um gol do argentino Bernardo Cuesta garantiu vaga na fase seguinte. Como visitante se mostrou lento e previsível. Foram os locais que deram ritmo ao jogo, o que pode ser favorável para o Palmeiras no Allianz Parque.

No banco de reservas, Jorge Pautasso vive seu primeiro momento como treinador principal. O argentino teve uma longa carreira como assistente e foi auxiliar de Tata Martino na seleção argentina e no Barcelona. Com essas referências, o comandante aposta no futebol de toque e no controle do ritmo de jogo.

Apesar da estratégia e de bons resultados, a equipe não tem sido capaz de manter intensidade ofensiva em nenhum dos confrontos nesta Libertadores. O time peruano possui neste começo de temporada uma defesa vulnerável de ambos os lados, mas ainda assim aposta em defensores posicionados na área superior do campo para marcar os adversários mais próximos. Possui poder e antecipação, mas a falta de velocidade faz com que atacantes rivais encontrem vantagem.

No papel, o Melgar tem um elenco amplo. Possui até quase três jogadores por posição e variantes para diferentes esquemas fazem dos peruanos o clube com a melhor equipe sobre Alianza Lima e até mesmo o Sporting Cristal.

Entre os destaques, Bernardo Cuesta e Tulio Etchemaite dividem os 25 gols marcados nesta temporada. Os centroavantes são bons no jogo aéreo e definem com as duas pernas. Já Hideyoshi Arakaki, de apenas 21 anos, tem mostrado grande qualidade nos jogos decisivos. Jogador chave na classificação do Melgar nesta edição da Libertadores, conquistou seu espaço e se continuar com boas atuações poderá dar um salto à equipes de maior expressão.

O Palmeiras deverá se preocupar com o alto número de faltas que o time peruano comete. Já são 111 cartões amarelos e 16 vermelhos na temporada. O Melgar é um dos times com mais advertências em seu país, principalmente como visitante.