Palmeirense completa nesta quinta-feira, 100 dias sem gritar gol

Palmeirense completa nesta quinta-feira, 100 dias sem gritar gol

Foto: Cesar Greco/ Ag. Palmeiras

O gol é o momento de mais extâse de um torcedor durante uma partida de futebol. Devido a pandemia do novo coronavírus, o calendário do futebol brasileiro e sulamericano teve que ser paralisado. O que ninguém esperava é que a pausa fosse tão longa.

Já são mais de 3 meses sem o Palmeiras entrar em campo, e nesta quinta-feira, 18, completamos 100 dias desde o último gol do Verdão. Aconteceu no duelo diante do Guaraní-PAR, pela segunda rodada da fase de grupos da Copa Libertadores, no Allianz Parque.

Luiz Adriano recebeu um belo passe de Dudu após boa jogada do camisa 7 pelo lado esquerdo do campo, e fechou a vitória alviverde por 3 a 1. O camisa 10 do Palmeiras também havia feito os dois primeiros gols da partida e entrou para a história do futebol brasileiro, sendo o terceiro atleta a marcar um hat-trick pela Libertadores e também pela Champions League.

O Palmeiras ainda enfrentaria o Inter de Limeira, quatro dias depois da vitória sobre o Guaraní, pela antepenúltima rodada do Paulista. Mas naquela ocasião o alviverde imponente cansou de desperdiçar gols e não balançou as redes do adversário.

A bola ainda deve demorar mais um tempo para voltar a rolar no estado de São Paulo. O governador João Dória autorizou que os clubes voltem a treinar a partir do primeiro dia de julho, mas os jogos oficiais devem ocorrer somente em agosto.

Relembre como foi Palmeiras 3 x 1 Guaraní:

  • Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim, 28 anos, detesta quem assiste ao jogo sentado e tem como grande ídolo Armando Nogueira. Formado em Jornalismo pela UMESP em 2012, cobriu a Copa do Mundo da Rússia pelo jornal Lance!