Pelo bem do Palmeiras, sempre

Pelo bem do Palmeiras, sempre

Dudu, deixa eu te falar uma coisa. Esse homem Divino que está do seu lado é único mesmo. Infelizmente, só tivemos um. Ele representa o Palmeiras que eu amo. Tem o olhar doce, a calma de quando jogava e tem classe até para levantar os óculos.

Ele é o maior da história. Fez o Palmeiras ser o único time a parar o Santos de Pelé. Mas ele não quis ser Rei porque ele já era Divino.

Mas o Marcos insiste em dizer que nunca foi Santo e a gente discorda veementemente porque vimos os milagres dele no gol. Nós vimos. Cada defesa não foi humana, foi santa.

Esse ano completa 20 anos da nossa Libertadores, o maior título do nosso Palmeiras e se não fosse os milagres do Marcos não sei se teríamos sido campeões em 99.

Seu Ademir prefere apoiar. Como eu. O Marcos prefere cornetar. Como muitos. Ele cornetava até o time em que ele jogava, imagina agora? Por mais que não seja legal, é dele. Ele sempre fez isso.

Deixa seu Ademir ser quietinho. Deixa o Marcos falar. Deixa a gente rever o seu bom futebol. Faz a gente ganhar de novo a Libertadores.

Joga bola, Dudu. Joga bola. Você também é ídolo. No final, todos nós queremos a mesma coisa. O Palmeiras campeão. E que sorte termos Ademir da Guia, Marcos e, agora, você Dudu.

  • Isabella Soares

    Isabella Soares

    Isabella Soares, 21 anos, estudante de jornalismo pela Universidade Metodista de São Paulo.