Posse de pontos. Palmeiras 1 x 0 Atlético Paranaense

Posse de pontos. Palmeiras 1 x 0 Atlético Paranaense

Mais uma vez o Palmeiras ficou menos tempo com a bola no BR-19. Até agora foram apenas duas partidas em que o enorme líder teve mais posse. Mas outra vez jogou mais do que o ótimo rival. Athletico que teve mais chances na primeira etapa (mesmo sem Renan Lodi, Jonathan, Thiago Heleno, Camacho e o artilheiro de 2019 Ruben). Furacão que sabe atacar e se defender e também joga bem. Embora a primeira etapa tenha sido mais porrada que jogada.

No segundo tempo, nem Felipão explica o porquê de o Palmeiras ter sido bem melhor. O Athletico teve uma chance só, mais uma vez bem defendida por Weverton. O Palmeiras colecionou sete oportunidades no plano inclinado do Gol Sul e fez o gol de pênalti desnecessário de Márcio Azevedo em Dudu, bem convertido por Raphael Veiga. Outro que Felipão vai recuperando. Como Lucas Lima.

Como esse Palmeiras que não perde há 31 jogos (com asterisco) no Brasileiro (15 deles com times alternativos). Só sabe ganhar (sem asterisco) como mandante há 17 jogos.

Não tem como não o elogiar. Até por agora jogar bem e algumas vezes bonito. Como esse Athletico que segue bem. E vai ser melhor quando não tiver tantos jogos.
BOTA-TEIMA - Na transmissão da TNT, defendi a expulsão bem discutível de Nikão. Mas entendo também a interpretação de que ele escorregou e não tinha como tirar o pé do rosto de Weverton.

Mas acho mais passível de expulsão Wellington pela entrada por cima da bola e na perna de Lucas Lima (não revista pelo árbitro na cabine do VAR).

E não seria absurdo um segundo amarelo para Felipe Melo (em outra ótima atuação) pelo pisão no rival.

  • Mauro Beting

    Mauro Beting

    Mauro Beting é comentarista do Esporte Interativo e da rádio Jovem Pan, blogueiro do UOL, comentarista do videogame PES desde 2010. Escreveu 16 livros, e dirigiu três documentários para cinema e TV.