Precisamos falar sobre Mayke

Precisamos falar sobre Mayke

(Foto: César Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)

Mayke chegou ao Palmeiras no ínicio de 2017 sem muita empolgação por parte da torcida alviverde.

Após ver a sua imagem desgastada com a torcida cruzeirense, o bicampeão brasileiro e melhor lateral do campeonato em 2013 precisou buscar novos ares para recuperar o seu futebol.

E está conseguindo.

Mayke é um dos melhores jogadores da temporada palmeirense. Na minha opinião só fica atrás de Dudu e Bruno Henrique respectivamente.

Não é difícil lembrarmos diversos jogos em que Mayke foi decisivo nesta campanha do Brasileirão 2018, como na histórica vitória palmeirense diante do São Paulo no Morumbi.

O camisa 12 foi o melhor jogador da partida que derrubou o tabu e colocou o Palmeiras de vez no trilho rumo ao título.

Com uma segurança para defender e uma intensidade absurda para atacar, Mayke já teve até o seu nome ventilado na Seleção Brasileira. A carência na posição faz com que ele possa sim ganhar uma chance de Tite.

Mayke também deve estar presente em todas as seleções do campeonato brasileiro. Não teve nenhum lateral-direito melhor que ele na competição.

O Palmeiras deve exercer o direito de compra do lateral que ainda é do Cruzeiro. Na queda de braço entre ele e Marcos Rocha, o lateral que tem os direitos pertencentes ao Galo deve perder.

Com justiça.

Mayke é mais novo e entregou mais ao Palmeiras nas chances que teve.

Com 59 jogos com a camisa do Palmeiras, Mayke possui um gol marcado ainda em 2017, quando comemorou ajoelhado em homenagem ao número santo que carrega nas costas. Neste ano já foram quatro assistências pra gols.

  • Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim, 27 anos, detesta quem assiste ao jogo sentado e tem como grande ídolo Armando Nogueira. Formado em Jornalismo pela UMESP em 2012, cobriu a Copa do Mundo da Rússia pelo jornal Lance!