(Foto: Instagram/jonasgoncalvesoficial)

Na alça de mira do Palmeiras, o atacante Jonas, do Benfica, começará a definir o seu futuro a partir desta semana. Conforme o apurado pelo Nosso Palestra, o jogador de 34 anos terá uma reunião com os dirigentes portugueses nos próximos dias e a pauta do encontro será o seu contrato. Artilheiro disparado do último Campeonato Português, com 34 gols em 34 jogos - sete a mais do que o vice-artilheiro - o atleta tem apenas mais um ano de vínculo e considera esse um bom momento para retornar ao Brasil.

Hoje, o staff do jogador não sabe se o clube pretende renovar esse compromisso por mais algumas temporadas, vendê-lo ou mantê-lo na equipe até o final do contrato, que termina no meio de 2019.

Pessoas próximas ao camisa 10 dos Encarnados revalaram ao site que dois clubes brasileiros já demonstraram interesse em contar com atacante. Mas eles não estão sozinhos nesta disputa. Mais de um time do mundo árabe também têm interesse na sua contratação.

A partir do que for dito pelos dirigentes portugueses, Jonas sentará com a sua família para definir os próximos passos da carreira. E tudo vai ser avaliado: estrutura dos clubes interessados, os valores propostos, o tempo de contrato oferecido e, inclusive, a possibilidade de ficar perto de parentes e amigos dos quais o atacante está distante há muitos anos.

Por isso, caso a permanência em Lisboa seja descartada, haveria 50% de chances de um retorno ao futebol brasileiro e 50% para uma experiência no futebol árabe.

Aliás, uma transferência para o Brasil já nesta temporada não está fora de cogitação. Se o Benfica optar pela não renovação de contrato e a proposta de um dos dois clubes brasileiros o agradar, Jonas poderia conversar para uma liberação ou das negociações financeiras com os benfiquistas. Principalmente por toda a história que construiu dentro do Clube nas últimas quatro temporadas.

Ou seja: até o próximo dia 15 o atacante estaria em solo tupiniquim, pois é nesta data que a janela de transferências se fecha por aqui. Em pré-temporada com os demais companheiros de Benfica nos Estados Unidos, o jogador tem planos de jogar mais duas ou até três temporadas.

CONVERSAS COM O PALMEIRAS

Antes de Luiz Felipe Scolari ser anunciado como novo técnico do Palmeiras e supostamente pedir a contratação do atacante, o Clube já havia tentado repatriá-lo. E por mais de uma vez, sendo a última delas no mês passado.

De acordo com as pessoas ouvidas pelo Nosso Palestra, no ano passado o Palmeiras fez o primeiro contato com os representantes do atleta, mas Jonas não tinha interesse em sair da Europa e, por isso, as conversas não evoluíram.

Já a segunda procura aconteceu em junho deste ano. Nesta oportunidade, o atacante tinha acabado de encerrar a temporada e queria descansar, antes de pensar no futuro. Levando em consideração a proximidade deste segundo contato dá para imaginar que o Palmeiras é um dos dois clubes brasileiros à espera dessa reunião, que começará a definir o destino de Jonas.

Porco de Ouro: Vote na eleição que irá eleger o melhor jogador do Palmeiras nesse último ano