Profeta + Hyoran Cruyff: Allianza Lima 1 x 3  Palmeiras

Profeta + Hyoran Cruyff: Allianza Lima 1 x 3 Palmeiras

Mais uma vez o Palmeiras deu um show fora de casa pela Copa Libertadores 2018. Com somente Jaílson e Borja em campo dos considerados titulares, a equipe de Roger Machado venceu o frágil Alianza Lima, garantiu a primeira colocação do grupo 8 e agora está muito perto da primeira colocação geral do torneio.

Jogando com um 4-4-2 clássico, o Verdão iniciou o jogo com uma intensidade absurda, Tchê Tchê foi o grande destaque dos primeiros 10 minutos de jogo. O polivalente volante deixou Willian na cara do gol para a primeira chance do Palmeiras, o goleiro Campos defendeu.

8 minutos depois, aos 19, após belo pivô de Borja, Moisés entrou na área e só rolou para Willian tocar no cantinho e abrir o placar. Foi o primeiro gol do camisa 29 na Libertadores.

Mantendo a posse de bola desde o início de jogo, o segundo gol era questão de tempo. Em mais uma assistência maravilhosa de Moisés, Hyoran marcou o seu segundo gol com a camisa do Palmeiras, naquele que foi o seu primeiro jogo como titular.

O camisa 28 foi um dos grandes destaques da primeira etapa e só não marcou o segundo dele minutos depois, por quê o travessão não deixou.

Na segunda etapa o Palmeiras seguiu dominando o Alianza e após criar diversas chances de gol, chegou ao terceiro tento com Borja aos 22. Em belíssima jogada de Mayke, o colombiano só teve o trabalho de empurrar pra rede. 3° gol do colombiano na Libertadores e artilheiro do Palmeiras em 2018 com 10 gols.

No final da partida o árbitro ainda arrumou um pênalti bem duvidoso para o time da casa que descontou com Cruzado, marcando o primeiro gol do Alianza na Libertadores 2018.

Apesar da fragilidade da equipe peruana, temos que exaltar a intensidade e como a equipe "reserva" de Roger Machado encarou o jogo com a importância que ele pedia. Moisés, Tchê Tchê, Thiago Santos, Willian, Victor Luís, Mayke e Hyoran mostraram a força do elenco e como podem ser importantes nessa parada até a Copa (13 jogos em 40 dias).

O Palmeiras não perde há 5 jogos, e só depende de si para garantir a melhor campanha da primeira fase da Libertadores. Uma vitória diante do Junior Barranquilla em casa leva o Verdão aos 16 pontos e ninguém mais conseguirá o alcançar, fato que não acontece desde 2001.

 

 

 

 

 

  • Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim, 27 anos, detesta quem assiste ao jogo sentado e tem como grande ídolo Armando Nogueira. Formado em Jornalismo pela UMESP em 2012, cobriu a Copa do Mundo da Rússia pelo jornal Lance!