(Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras)

Alexandre Mattos chegou ao Palmeiras no dia 07 de janeiro de 2015 como a contratação que faria o clube voltar a ser forte no mercado e no gramado. Na sua apresentação, o diretor de futebol deu essa declaração:

“O Palmeiras vem se organizando nestes últimos dois anos e a tendência é que beba água limpa no meio da dificuldade nacional. O clube é bem administrado, agora precisamos entender onde estamos, onde queremos chegar e precisamos ser criativos. Temos que colocar nossa estrutura, camisa e visibilidade para o anseio dos atletas. Estou aqui para tentar fazer acontecer.”

A diretoria do Palmeiras contratou Mattos com o objetivo de tornar o clube hegemônico no Brasil. O projeto não envolve um Brasileirão ou uma Libertadores, mas a formação de um elenco forte seguindo uma postura agressiva no mercado nacional por anos. De acordo com Alexandre Mattos, os primeiros anos seriam repletos de contratações até que uma base forte fosse formada. Depois, o clube contrataria poucas e excelentes peças no mercado. O ano de 2018 parece ser o primeiro desse período prometido.

Preparei uma rápida apresentação para que seja fácil entender a formação da base de um elenco ao longo dos últimos três anos, desde a chegada de Alexandre Mattos.

22 das 50 contratações da ‘Era Mattos’, que começou em 2015, estarão no elenco de 2018

Foram 25 Contratações em 2015 – Duas permaneceram

1. Dudu – 25 anos
2. Thiago Santos – 28 anos

Foram 13 Contratações em 2016 – Seis permaneceram

3. Edu Dracena – 36 anos
4. Jean – 31 anos
5. Moisés – 29 anos
6. Mina – 23 anos
7. Róger Guedes – 21 anos
8. Tchê Tchê – 25 anos

Foram 14 Contratações em 2017 – Até agora, todos permanecem, mas 3 podem sair

9. Antônio Carlos – 24 anos
10. Borja – 24 anos
11. Felipe Melo – 34 anos
12. Guerra – 32 anos
13. Hyoran – 24 anos (pode sair)
14. Juninho – 22 anos
15. Keno – 28 anos
16. Luan – 24 anos
17. Mayke – 25 anos
18. Michel Bastos – 34 anos (deve sair)
19. Raphael Veiga – 22 anos (pode sair)
20. Willian – 31 anos
21. Bruno Henrique – 28 anos
22. Deyverson – 26 anos

  As contratações resultam numa média de 27 anos. Não há jogadores abaixo dos 21 anos nesse momento do projeto e há apenas seis atletas acima dos 30 anos.

Ao fechar o elenco com no máximo seis contratações para a temporada de 2018, Mattos alcançará uma nova fase do projeto, na qual ele passará a observar os frutos que a vitoriosa base do Palmeiras tem oferecido ao elenco principal. Observando o número de manutenções que cada temporada ganhou, podemos entender que a base do elenco que Mattos desejou montar está pronta. Depois de conquistar a Copa do Brasil 2015 e o Brasileirão 2016, o ano de 2017 passou em branco, mas 2018 pode ser o ano em que o projeto de Mattos alcançará o êxito ao fortalecer uma base montada para conquistar a hegemonia de gramado e mercado nos próximos anos.

 

Comente

comentários