Quem é Deyverson na história do Palmeiras? Ele mesmo responde

Quem é Deyverson na história do Palmeiras? Ele mesmo responde

Foto: Marcelo Brandão/Click Parmera

Ontem tive a oportunidade de entrevistar um dos grandes personagens do título brasileiro do Palmeiras, o irreverente e polêmico Deyverson.

O papo foi bem rápido, uma vez que centenas de palmeirenses estavam na fila de espera para bater uma foto e pegar autógrafos com o autor do gol do Deca, além do capitão Bruno Henrique e Felipe Melo.

A primeira pergunta que eu fiz foi: Deyverson, saiu uma declaração sua após o título afirmando que você não era nada na história do Palmeiras. Que o Palmeiras sim era a história. Você confirma isso? Nessa era de fake news é sempre bom confirmar né, você sabe...

"Pô com certeza. Quem é Deyverson na história do Palmeiras. Cheguei a pouco tempo, fiz um gol importante claro, mas o Palmeiras sim é a história. Todos jogadores estão na história. A gente é uma família. Eu sou apenas mais um entre tantos que ajudaram o clube a conquistar esse título. Falei isso do fundo do meu coração. O Palmeiras sempre vai ser a história, Deyverson é apenas mais um.", disse o camisa 16.

991fa2eb-39ce-4606-b8f2-cc3b381031cd

Mais nada precisava ser dito. Deyverson é isso. Um menino muitas vezes maluco, desmiolado, mas extremamente de grupo. Humilde. 100% coração.

Emocionado com o carinho dos palmeirenses, ele ainda completa:

"Eu nunca imaginaria que seria dessa forma. A torcida é apaixonada, essa cobrança e pressão são normais. Eu já fui torcedor também. Já pedi pra jogador ir embora. Mas agradeço o carinho. A gente é em 24, 25 (jogadores). E representamos mais de 15 milhões. Temos que entender que somos minoria. Torcedor é apaixonado e isso é normal. Vou dar o sangue pelo Palmeiras sempre e nunca vou entrar em combate com o torcedor. Ele sempre tem razão."

Um maluco extremamente sábio. Agora de dentes novos e branquíssimos.

Deyverson é a cara do Palmeiras de Felipão. Tem identidade com o clube que defende. Respeito pela camisa e o seu torcedor. Dá o sangue e desculpas se for preciso.

Erra como todos nós, mas em 2018 acertou muito mais do que errou.

Por isso é um personagem DUCA, quer dizer DECA.

  • Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim, 27 anos, detesta quem assiste ao jogo sentado e tem como grande ídolo Armando Nogueira. Formado em Jornalismo pela UMESP em 2012, cobriu a Copa do Mundo da Rússia pelo jornal Lance!