Ramires diz estar 95% pronto para jogar pelo Palmeiras e explica as suas características em campo

Ramires diz estar 95% pronto para jogar pelo Palmeiras e explica as suas características em campo

Foto: Divulgação Palmeiras

Após algumas temporadas no futebol chinês, o volante Ramires voltou ao Brasil e escolheu o Palmeiras como sua nova casa. O jogador que já chegou a disputar a Copa do Mundo foi apresentado no Alviverde nesta segunda-feira e revelou que sua estreia pelo clube deve estar próxima.

Apresentado por Alexandre Mattos, Ramires ganhou a camisa 18 e comentou sobre diversos assuntos, entre eles a de sua atual condição física.

Mesmo tendo ficado um ano sem jogar na China, ele acredita estar bem fisicamente e perto de seus 100% para estrear pelo clube:

"Estou treinando bastante a parte física para estar à disposição para os próximos jogos. Já posso dizer que estou bem, 95% da minha melhor parte física. Não posso afirmar o prazo, uma data ou quanto tempo que vou jogar. Não depende só de mim. Jogaria já hoje, mas tem uma equipe que tá trabalhando para que eu possa estar 100% e entrar em campo sem ter nenhum problema."

Polivalente, o jogador de 32 anos afirmou que pode jogar em diversas funções do campo, como fez ao longo de sua carreira. Ele disse não saber como será usado por Felipão nos jogos, mas comentou sobre quais são as suas características, independente da posição em que jogará:

"Procuro não fugir das características, mas acho que a torcida pode esperar não o mesmo Ramires de 10 anos atrás, mas o empenho, qualidade, muita raça, vontade, um pouco mais de experiência. Hoje, com mais experiência você pega uns 'atalhos.'"

Confira outros trechos da apresentação de Ramires:

Posições que já desempenhou

Na China, nos dois primeiros anos, acabei jogando meio que de primeiro volante que não era a minha função, mas o time precisava. Depois fui pra segundo volante. Com Felipão joguei como segundo volante e aberto pela direita. Não sei como vou ser usado no time, mas vou procurar fazer o melhor.

Escolha pelo Palmeiras

Eu tive proposta de outros times. A proposta do Palmeiras foi muito interessante até porque queria voltar para o Brasil, ficar perto da família. Foram muitos anos longe. Eu fiquei feliz com a proposta do Palmeiras, foi uma escolha minha, pessoal de voltar. Tô muito contente. Antes de assinar, tive contato com Felipão, Mattos. Espero fazer meu melhor para retribuir todo acolhimento que recebi aqui.

Recepção do elenco

Quando eu cheguei, já no primeiro dia teve brincadeira. Eu imaginei, mas foi do melhor jeito possível. Eu agradeço pelas brincadeiras, já me sinto em casa. Isso me deixou mais à vontade.

Adaptação ao futebol brasileiro

Acho que a adaptação vai depender do meu trabalho. Tô me esforçando, ainda não joguei. A disputa existe. São jogadores de qualidade. Chego respeitando a todos, vou buscar meu espaço trabalhando. Não tem como dizer que chego para tomar a posição de um ou de outro. Chego para ajudar. O Felipão faz um rodízio e eu vou poder ajudar na partida que eu estiver em campo.

Influência de Felipão para jogar no Palmeiras

Vai me ajudar bastante o Felipão. Eu tomei a decisao de vir muito pelo Felipão. Tive muitas conversas com ele. O fato dele me conhecer, o que eu posso fazer e ajudar é muito importante. Se ele pediu para que eu viesse é porque ele sabe que eu posso ajudar e espero que consiga. Espero fazer o melhor e ajudar o Palmeiras.

  • Mohamed Nassif

    Mohamed Nassif

    Jornalista formado em 2016 pela FIAM-FAAM. Teve passagens pela TV Bandeirantes e pelo portal Torcedores.com