Guerra costuma `metralhar` nas suas comemorações. (Arte: Daniel Resende/Divulgação)

Roger Machado realizou nesta sexta-feira (9) o último treino antes do Palmeiras enfrentar o Mirassol pela sexta rodada do Campeonato Paulista. Além de treinar com Michel Bastos na lateral esquerda, o comandante testou uma nova função para o venezuelano Alejandro Guerra. Com Deyverson machucado, o meia pode pintar como substituto de Miguel Borja no comando de ataque.

Confira a análise de Rodrigo Fragoso que esteve na Academia hoje pela manhã:

Fragoso também abriu a coletiva de Roger Machado perguntando exatamente sobre a nova função e o novo trabalho do camisa 18. O técnico respondeu: “O Guerra fez no jogo-treino a função mais avançada, criando oportunidades e é outra característica do Borja. Um jogador leve que dá outro tipo de trabalho ao zagueiro com a movimentação. Nas atividades eu faço interação para eles se habituarem com as movimentações do setor.”

Guerra e Borja revezaram no treino nesta manhã (Foto: Rodrigo Fragoso)

Michel Bastos deve ganhar uma vaga no time titular novamente no lugar de Victor Luís e o provável Palmeiras que deve ir a campo diante do Mirassol é: Jailson; M. Rocha, A. Carlos, T. Martins e M. Bastos; F. Melo, Tchê Tchê e Lucas Lima; Dudu, Willian e Borja.

Comente

comentários