Série atual sem sofrer gol tem semelhanças com a maior sequência da história do clube

Série atual sem sofrer gol tem semelhanças com a maior sequência da história do clube

(Foto: Cesar Greco/Agência Palmeiras)

São seis jogos seguidos sem sofrer gol e contra o Bahia o Palmeiras igualou marca de dez anos atrás. O próximo compromisso será diante do Vitória, neste domingo (19) no Barradão às 16h.

Caso o Alviverde continue ileso, repetirá marca de 1992, quando era treinado por Otacílio Gonçalves. Sete jogos consecutivos sem ser vazado aconteceu em quatro oportunidades ao longo dos quase 104 anos de história do clube.

O zagueiro Edu Dracena explicou o bom momento da defesa palmeirense e contra os baianos o Palmeiras tem oportunidade de estender a série. Vale lembrar que na atual sequência o time foi treinado por três técnicos diferentes: Wesley Carvalho, Paulo Turra e Felipão. O último gol sofrido foi na derrota para o Fluminense por 1 a 0, jogo que marcou a demissão de Roger Machado.

Curiosamente, a maior série invicta do clube aconteceu de maneira semelhante. Em 1987, foram 12 jogos seguidos e Carbone caiu após revés para o São Bento, em Sorocaba. Minuca comandou interinamente contra o XV de Piracicaba e Valdemar Carabina chegou para dar sequência que tinha Zetti como titular no lugar de Martorelli. Quem quebrou a marca foi Luís Pereira, ídolo do clube que atuava no Santo André em um empate por 1 a 1. Zetti ficou 1.238 minutos sem sofrer gol.

Maiores sequências sem sofrer gol:

12 jogos (1 vez)
8/4/1987 até 17/5/1987

9 jogos (3 vezes)
12/1/1969 até 23/1/1969
14/10/1973 até 15/11/1973

8 jogos (1 vez)
22/8/1965 até 28/9/1965

7 jogos (4 vezes)
5/12/1971 até 22/1/1972
26/3/1978 até 27/4/1978
26/3/1989 até 20/4/1989
24/10/1992 até 15/11/1992

  • Rafael Bullara

    Rafael Bullara

    Formado em jornalismo, foi editor do Lance!, onde ficou por 12 anos. MBA em Gestão e Marketing Esportivo na Trevisan Escola de Negócios