Sistema defensivo do Palmeiras brilha e rende ao Grêmio seu pior jogo no Brasileirão

Sistema defensivo do Palmeiras brilha e rende ao Grêmio seu pior jogo no Brasileirão

O Palmeiras venceu o Grêmio pelo placar de 2 a 0 no Pacaembu e manteve a liderança do Campeonato Brasileiro. Balançar as redes é tão fundamental para conquistar uma vitória quanto impedir que o adversário cause perigo ao seu gol e o Palmeiras seguiu a cartilha para, mesmo com menos posse de bola do que o adversário, tornar o Grêmio inofensivo. O sistema defensivo alviverde fez Renato Gaúcho assistir a pior apresentação ofensiva de seu time dentre as 29 rodadas do Brasileirão.

O Grêmio entrou em campo com média superior a 11 finalizações por jogo durante a competição, mas deixou o gramado com apenas três conclusões de jogada. Detalhe: nenhuma delas foi na direção do gol, ou seja, todas para fora. Fernando Prass teve de encostar na bola apenas em cruzamentos na grande área. Já o time de Felipão, que também carregava algo em torno de 10 finalizações por jogo, concluiu sete jogadas, sendo cinco delas na direção de Paulo Victor, com duas balançando as redes.

O próximo desafio de Luiz Felipe Scolari e sua equipe é contra o Ceará, também no Pacaembu, no próximo final de semana. O Grêmio, no sábado, encara o América-MG no Estádio Independência.

  • Rodrigo Fragoso

    Rodrigo Fragoso

    Formado em Jornalismo na Faculdade Cásper Líbero e especializado em gestão, direito e marketing esportivo pela FIFA/CIES/FGV.