Sócios aprovam alteração no estatuto e próximo presidente do Palmeiras terá três anos de mandato

Sócios aprovam alteração no estatuto e próximo presidente do Palmeiras terá três anos de mandato

A assembleia geral de sócios do Palmeiras realizada neste sábado (4), ratificou a decisão do Conselho Deliberativo para a mudança do estatuto e o próximo presidente terá mandato de três anos. No modelo atual são dois anos.

O item seis da votação, que tratava do tema, teve 1383 votos a favor, 753 contra e 16 abstenções. Já a pergunta sobre o início da validade dos três anos para o próximo pleito, no fim do ano, contou com 1375 votos pelo "sim", 756 pelo "não", além de 21 abstenções. Caso o atual presidente, Mauricio Galiotte, seja releito, comandará o clube no triênio 2019/2021.

O único item reprovado foi em relação a manutenção do número de 148 conselheiros vitalícios. Apesar da vitória do "não", o número não atingiu dois terços que era necessário e por isso a discussão voltará para o Conselho. A votação teve 1163 votos para o "não", 965 "sim" e 24 brancos.

(Foto: Rafael Bullara)

Tags: