Técnicos do Palmeiras têm média de 40 jogos com Alexandre Mattos como diretor de futebol

Técnicos do Palmeiras têm média de 40 jogos com Alexandre Mattos como diretor de futebol

(Foto: Cesar Greco/Agência Palmeiras/Divulgação)

Mano Menezes será o nono técnico efetivo do Palmeiras desde a chegada de Alexandre Mattos. Em quase cinco anos, três deles saíram vitoriosos em suas passagens, porém em comum têm o pouco tempo de permanência.

A média de treinadores sob o comando do Mattos é de apenas 40 partidas. Luiz Felipe Scolari, demitido na segunda-feira (2) foi o mais longevo. Em 13 meses foram 77 vezes no banco de reservas e o título do Brasileirão do ano passado.

Os demais sequer completaram um ano no cargo e Marcelo Oliveira e Cuca também se sagraram campeões. Neste período, o vencedor do Brasileiro de 2016 conta com duas passagens e na primeira optou por sair. Marcelo ganhou a Copa do Brasil de 2015.

O ciclo de mais de três anos de Mano no Cruzeiro o fez o técnico com mais tempo de trabalho em um mesmo clube recentemente no futebol brasileiro. Ele chega ao Palestra Italia enfrentando resistência da torcida e ciente que com o atual diretor de futebol é difícil seguir muito tempo no cargo.

Jogos dos técnicos do Palmeiras com Alexandre Mattos:
2018/19 - Luiz Felipe Scolari: 77 (13 meses)
2018 - Roger Machado: 44 jogos (8 meses)
2017 - Alberto Valentim: 11 jogos (2 meses)
2017 - Cuca: 34 jogos (5 meses)
2017 - Eduardo Baptista: 23 jogos (6 meses)
2016 - Cuca: 52 jogos (9 meses)
2015/16 - Marcelo Oliveira: 53 jogos (9 meses)
2015 - Oswaldo de Oliveira: 31 jogos (6 meses)
Interinos: Alberto Valentim (2015 e 2016), Wesley Carvalho (2018) e Paulo Turra (2018)

  • Rafael Bullara

    Rafael Bullara

    Formado em jornalismo, foi editor do Lance!, onde ficou por 12 anos. MBA em Gestão e Marketing Esportivo na Trevisan Escola de Negócios