Tinha como ter sido pior: Bahia 1 x 1 Palmeiras

Tinha como ter sido pior: Bahia 1 x 1 Palmeiras

O Bahia vinha jogando melhor que os resultados. O Palmeiras vinha conseguindo placares melhores que suas atuações. Desta vez o Bahia jogou muito mais nos primeiros 20 minutos, fez 1 a 0 com Gilberto em belo lance de Ramires, seguiu melhor do que o Palmeiras que só tinha Weverton, Felipe Melo, Bruno Henrique e Borja de titulares. Mas o time de Enderson tirou o pé do acelerador na metade final da primeira etapa. O time de Paulo Turra tirou o pé da forma e nada fez.
Na volta pro segundo tempo, o Bahia fez ainda menos. Nenhum lance perigoso para Weverton. Não que o Palmeiras tenha feito muito melhor. Como meia pela direita e pela esquerda n0 4-2-3-1, Jean não funcionou mais uma vez. Aos 15, com Dudu, as coisas começaram e melhorar pelos cantos, e mais ainda quando Willian entrou no lugar de Hyoran (outro que, como Lucas Lima e Borja, ajudaram o Palmeiras a ter sua pior atuação com Felipão).
O jogo se arrastava sem chances até Dudu bater um escanteio pela direita para bela cabeçada de Felipe Melo, empatando por 1 a 1 um jogo que não merecia mais do que um empate sem gols e sem futebol.
Foram apenas três chegadas perigosas baianas e duas paulistas. É quase nada. Não pode ser só isso o futebol brasileiro.

  • Mauro Beting

    Mauro Beting

    Mauro Beting é comentarista do Esporte Interativo e da rádio Jovem Pan, blogueiro do UOL, comentarista do videogame PES desde 2010. Escreveu 16 livros, e dirigiu três documentários para cinema e TV.