É muito mais do que isso

É muito mais do que isso

Não deu.
O Boca é impressionante em Libertadores. Com menos time teve uma bolha de bola em cinco minutos na Bombonera e fez dois gols. Merecidamente.
No Allianz Parque, em outra bolha de cinco minutos, criou três chances e anotou o gol que obrigou o Palmeiras a marcar quatro.
Não deu.
E vai dar uma final espetacular e merecida com o maior clássico da América para decidi-la.
Palmas aos vencedores. E ao Palmeiras pelo que tem feito, e ao palmeirense pela festa antes e ate onde deu. Não necessariamente pelo que jogou o time contra o maior Rey de Copas deste século. E que pode se igualar ao Independiente que nasceu para ganhar Libertadores.
O desgatado e estafado Palmeiras sentiu além da conta o gol bem anulado pelo VAR e definhou no primeiro tempo. Quando havia voltado ao jogo com autoridade, levou o maledetto empate que o leva de volta à liderança do BR-18.
Mas que não o levou ao sonho que parecia possível no continente e até no mundo que não acabou.
Sábado tem mais.
Dá.
Só que não deu no dia das brujas.

  • Mauro Beting

    Mauro Beting

    Mauro Beting é comentarista do Esporte Interativo e da rádio Jovem Pan, blogueiro do UOL, comentarista do videogame PES desde 2010. Escreveu 16 livros, e dirigiu três documentários para cinema e TV.