Willian agradece início de 2020 saudável e projeta: 'Será um ano especial para todos nós'

Willian agradece início de 2020 saudável e projeta: 'Será um ano especial para todos nós'

Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Com mais de 150 jogos com a camisa do Palmeiras, Willian é um dos grandes líderes do elenco alviverde, agora comandando por Vanderlei Luxemburgo. O camisa 29 concedeu entrevista coletiva nesta terça-feira, 28, e falou com a imprensa sobre o seu bom início de temporada, projetando um ano bem especial tanto para ele, quanto para o clube.

'Só agradecer esse carinho do torcedor, sempre muito gratificante esse reconhecimento, mas sabemos que torcedor é paixão. A gente também cresce com as críticas. Mas fico muito feliz, a alegria de estar iniciando o ano de uma forma saudável, sou muito grato a todas as pessoas que me ajudaram a iniciar este ano tão bem. Ano passado vim de uma lesão grave no joelho, só agradeço por iniciar 2020 tão bem', disse o Bigode.

Willian também comentou sobre os seus números no clube. Iniciando a sua quarta temporada pelo Verdão, o camisa 29 acredita que o ano reserva coisas especiais para a torcida.

'Realmente os números são bem interessantes, são mais de 150 jogos, 40 gols, 16 assistencias, 70% de aproveitamento como titular. Desde que cheguei foram grupos de muita qualidade. Sempre enfatizei muito o respeito e a dedicação no dia a dia. Fico feliz por esses números e o título brasileiro de 2018. Eu gosto de traçar metas em todo começo de ano. Em 2020 vou fazer diferente, quero viver o momento. Estou me preparando mais, aproveitando a estrutura para me cuidar cada vez mais, por tudo o que o Palmeiras oferece, esse início está sendo bem especial. Quero focar no Paulista e manter essa regularidade. Tenho certeza que 2020 será um ano muito especial.', afirmou o atacante.

Willian também aproveitou a coletiva para elogiar o agora mais calmo, Vanderlei Luxemburgo.

'Já tive a oportunidade de trabalhar com ele. Ele deu uma acalmada né? Mas ele tem uma coisa diferente. Ele consegue resgatar algo bem profundo do atleta. Até já transmiti isso pra ele, pessoalmente falando. Claro que niguém aqui está acomodado pelo o que ganha ou pela estrutura, a gente quer cada vez estar mais competitivo. Eu percebi mais ainda agora que ele consegue tirar o máximo dos atletas. É claro que é o início, mas tanto a parte técnica quando a parte física está sendo bem diferenciada', comentou o quarto artilheiro do Verdão neste século.

Para finalizar, o camisa 29 não deu pistas se vai entrar titular amanhã diante do Oeste, e se colocou a disposição para também jogar de centroavante, sendo um possível substituto para Luiz Adriano:

'Acredito que o Vanderlei está bem servido, tem jogadores com características diferentes, de bastante qualidade. Já joguei das duas formas, já tive essa conversa com o Luxa. Me sinto à vontade jogando na ponta, é óbvio que eu não sou um centroavante de origem, como o Luiz Adriano, que tem mais corpo, mais altura. Mas em algum momento, quando ele achar que eu posso ser importante pra aquele certo jogo, estarei preparado para aproveitar as oportunidades.', finalizou o artilheiro do Verdão nesse ano.

O Palmeiras encara o Oeste nesta quarta-feira, 29, no Pacaembu, pela terceira rodada do Paulistão 2020. Mais de 10 mil ingressos foram vendidos para o jogo que pode marcar a despedida do Verdão do velho Municipal, que deve passar por grandes reformas já neste ano.

  • Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim, 28 anos, detesta quem assiste ao jogo sentado e tem como grande ídolo Armando Nogueira. Formado em Jornalismo pela UMESP em 2012, cobriu a Copa do Mundo da Rússia pelo jornal Lance!