Willian completa dois meses da cirurgia no joelho direito e recuperação está à frente do esperado

Willian completa dois meses da cirurgia no joelho direito e recuperação está à frente do esperado

(Foto: Reprodução)

Artilheiro do Palmeiras na vitoriosa campanha do decacampeonato brasileiro e um dos principais destaques do Verdão nas duas últimas temporadas, Willian completa, nesta quinta-feira (21), exatos dois meses da operação realizada por conta de uma lesão no ligamento cruzado anterior do joelho direito. O lance que causou a intervenção cirúrgica, inclusive, aconteceu, justamente, no momento do passe para o gol da vitória sobre o Vasco, pela penúltima rodada da competição nacional, que garantiu ao clube o décimo título do torneio. E a evolução do camisa 29 até aqui vem sendo surpreendente e bastante elogiada. Em seu Instagram, o atacante postou nesta semana um vídeo fazendo exercícios na Academia de Futebol.

De acordo com Jomar Ottoni, coordenador de fisioterapia do Palmeiras, cada fase da recuperação é muito importante e precisa ser realizada com cautela. Nas primeiras duas semanas após à cirurgia, Willian recebeu orientações e aparelhos especiais do clube para iniciar os exercícios de reabilitação em sua própria casa. A segunda fase começou em janeiro, quando o camisa 29 se reapresentou na Academia de Futebol e surpreendeu a todos por estar com a mobilidade muito acima do esperado.

Após passar pelas primeiras duas etapas com muito louvor, Willian iniciou a terceira fase da reabilitação. “Estamos entrando na terceira fase, quando ele completa o segundo mês. Geralmente, essa fase a gente calcula entre a nona e a décima segunda semana. Começamos a inserir os trabalhos de agachamento, leg press, o que chamamos de cadeia fechada. São os movimentos mais funcionais e que exigem um pouco mais do joelho, mas não de forma isolada. Ele faz o trabalho de força, mas não sobrecarrega a articulação do joelho”, explicou Jomar.

“Além disso, Willian já iniciou o trabalho de recuperação do condicionamento físico com exercícios no transport, bicicleta e corrida na piscina, que não tem impacto, mas que já exige dele algo mais próximo do campo”, completou.

Jomar Ottoni ainda disse que a recuperação de Willian está evoluindo tão bem que o atacante está realizando algumas etapas do tratamento antes do esperado, mas com todo o cuidado para não atrapalhar na cicatrização.

“O Willian também já iniciou os trabalhos de cadeira aberta. Geralmente, o atleta que passa por esse tipo de cirurgia só começa a realizar essa fase a partir da décima segunda semana, mas como ele está com a estabilidade bem alta e o nível de força muito bom, nós já começamos”, afirmou o profissional.

“Em síntese, o Willian está muito bem. Está à frente do que a gente espera para essa fase, mas precisamos limitar por causa do tecido e por causa da fisiologia da cicatrização do tecido”, finalizou o coordenador.

Após passar pelos dois primeiros meses, Willian falou sobre esse primeiro período de reabilitação e afirmou estar muito motivado e cada dia mais forte.

“Graças a Deus, a recuperação está sendo muito positiva. Tenho que agradecer demais porque estou sendo muito bem assistido pelo Jomar e por todos os profissionais do clube. Além disso, o Palmeiras possui uma estrutura fantástica e todo esse apoio é fundamental para eu me recuperar bem. Desde o primeiro dia após à cirurgia, procurei seguir à risca tudo o que o pessoal tem me falado e estou evoluindo bem. Sei que ainda falta muito para eu voltar, mas estou bastante motivado e me sinto cada dia mais forte. Seguirei me dedicando da melhor maneira e sei que preciso ter paciência. Não podemos pular etapas porque cada fase é super importante”, declarou.

Desde que chegou ao Palmeiras, no início de 2017, Willian já disputou 121 jogos, marcou 34 gols e deu 15 assistências. Do atual elenco, ele é o vice-artilheiro, atrás apenas de Dudu, que tem 56 bolas na rede.