Dudu, sobre igualar marca de Ademir da Guia no Palmeiras: ‘Passa um filme pela cabeça’

Camisa 7 do Verdão chegou ao 12º título conquistado no clube e é o mais vencedor ao lado do ídolo 'Divino'

Com o título do Campeonato Brasileiro de 2023, Dudu levantou seu 12º troféu pelo Palmeiras, marca que foi atingida apenas por Ademir da Guia e Junqueira. Dias após conquistar o torneio nacional, ‘Baixola’ falou sobre seu amor pelo Verdão e comemorou mais um recorde alcançado.

Conheça o canal do Nosso Palestra no Youtube! Clique aqui.
Siga o Nosso Palestra no Twitter e no Instagram / Ouça o NPCast!
Conheça e comente no Fórum do Nosso Palestra

Relacionadas

– Como já falei muitas vezes, eu e minha família amamos esse clube e me sinto muito honrado e extremamente feliz por alcançar essa marca gigantesca. A gente sabe como é difícil ser campeão no Brasil onde o futebol é super equilibrado e competitivo, e chegar a 12 títulos com essa camisa é algo maravilhoso. Quando eu paro para analisar a minha história, passa um filme pela cabeça e fico bem emocionado. No atual momento, infelizmente, não estou podendo entrar em campo pra fazer o que mais amo, mas, em breve, estarei de volta e continuarei me dedicando de corpo e alma para fazer o nosso clube brigar por mais e mais títulos. Nos últimos anos, o Palmeiras já demonstrou que é um dos maiores clubes do continente e do mundo e a gente fará de tudo para que 2024 seja um ano tão vitorioso como foram as últimas temporadas – comentou.

– Também quero dizer que igualar os números de ídolos históricos, como o Junqueira e Ademir, é algo que eu jamais imaginei. O Seu Ademir é o maior jogador da história do Palmeiras e eu já tive a oportunidade de conversar com ele várias vezes. É uma pessoa maravilhosa, que sempre me apoiou e me tratou com muito carinho e respeito. Como todo palmeirense, sou fã dele e me sinto um cara abençoado por poder alcançar o feito do nosso principal jogador e de poder me relacionar com ele. A geração do Seu Ademir marcou uma época e jamais será esquecida, não somente pelos títulos, mas pela forma bonita que jogava. Espero que esse nosso grupo também seja lembrado como uma geração vencedora e que deu muitas alegrias à nossa torcida – disse.

VEJA NO NOSSO PALESTRA
Dudu fala sobre grave lesão no joelho

Em 2023 o atacante sofreu com uma grave lesão e passou por cirurgia. Dudu teve constatada ruptura ligamentar no joelho direito na partida contra o Vasco pela 21ª rodada do Brasilierão, em agosto deste ano. Esta foi a contusão mais séria do ‘Baixola’ em todas as temporadas pelo Palmeiras.

– Todo jogador quer estar em campo em um momento como esse, mas, infelizmente, ainda vou levar um tempo para voltar a jogar. O mais importante é que estou me esforçando, ao máximo, e venho evoluindo bem. Sempre cuidei bastante do meu corpo e sempre dei importância para os trabalhos preventivos e de manutenção. E acho que isso está sendo fundamental para que meu corpo reaja de forma positiva às etapas do tratamento, que não é fácil. Sei que ainda falta um tempinho, mas, como disse, seguirei focado e fazendo tudo o que o pessoal do departamento médico e da preparação física mandarem para eu voltar ainda melhor – disse.

Na temporada, Dudu não teve números expressivo no Verdão. Foram 42 jogos e apenas três gols e sete assistências. O primeiro gol na temporada só foi sair na rodada 4 do Brasileirão. Na goleada sobre o Goiás por 5 a 0 fora de casa, o camisa 7 fechou o placar em uma bomba de dentro da área.

No entanto, a importância do jogador ficou evidente após sua lesão. Sem o camisa 7, Abel Ferreira precisou ‘improvisar’ e passou a utilizar Marcos Rocha e Mayke juntos. A nova formação, no entanto, não deu os resultados esperados, e o Alviverde foi eliminado da Libertadores pelo Boca Juniors.

No clube desde 2015, Dudu é o jogador com mais vitórias pelo Palmeiras no Campeonato Brasileiro, somando 126 triunfos, e o atleta que mais vestiu a camisa alviverde no século XXI, com 443 atuações, figurando como o 16º jogador que mais vezes defendeu o clube.