Capitão do Palmeiras Sub-17, Gabriel Vareta comemora Copa do Brasil: ‘Não imaginava nos melhores sonhos’

Zagueiro ergueu a taça da competição em São Januário e destacou a importância da competição em sua carreira

O Palmeiras conquistou no último domingo (26) o terceiro título da Copa do Brasil Sub-17 em sua história. Após vencer o jogo de ida no Allianz Parque por 4 a 1, a equipe foi derrotada pelo Vasco na volta, em São Januário, por 4 a 2 e ficou com a taça da competição. Capitão da equipe, o zagueiro Gabriel Vareta celebrou a conquista e ergueu a o troféu do torneio.

– Mal consigo encontrar palavras para descrever esse título. Vencer a Copa do Brasil é algo incrível, e ter a oportunidade de ser o capitão e erguer a taça é ainda mais espetacular. Não imaginava isso nem nos meus melhores sonhos. Fizemos uma campanha maravilhosa e merecemos ser campeões. O grupo todo está de parabéns – destacou o jogador.

Conheça o canal do Nosso Palestra no Youtube! Clique aqui.
Siga o Nosso Palestra no Twitter e no Instagram / Ouça o NPCast!
Conheça e comente no Fórum do Nosso Palestra

A equipe alviverde chegou ao título após bater na trave na última temporada. Em 2021, o Palmeiras fez uma boa campanha nas primeiras fases e avançou até as semifinais da competição, quando acabou sendo eliminado pelo Flamengo.

– Chegamos muito perto no ano passado, mas paramos nas semifinais. Porém, não abaixamos a cabeça e seguimos trabalhando duro para voltar mais fortes nesta temporada. Agora, alcançamos nosso objetivo, fomos campeões e vamos celebrar muito essa conquista – completou o zagueiro.

Gabriel Vareta erguendo a taça da Copa do Brasil Sub-17 com o Palmeiras. (Foto: Fabio Menotti)

No caminho do título, Vareta atuou como um dos pilares do sistema defensivo do Palmeiras. O jogador esteve presente em oito das nove partidas da equipe na competição e, com a sua presença em campo, o time alviverde perdeu apenas o segundo jogo da decisão.

Contratado em 2014 para o futsal do Palmeiras, o zagueiro fez em 2016 a transição para o campo e passou a integrar o elenco Sub-11. Desde então, jogou nas categorias Sub-13, Sub-15 e Sub-20 do clube, além da Sub-17, e chegou a ser convocado para as Seleções Brasileiras Sub-15 e Sub-17.  Em 2022, seu contrato se estendeu até o final de 2024, com multa rescisória no valor de 80 milhões de euros – cerca de R$ 443 milhões, na cotação atual.

LEIA MAIS