Do dia das mães ao dos pais, meio time mudado. Isso explica queda do Palmeiras?

O programa ‘Bate-Bola’, da ESPN Brasil, mostrou na noite desta segunda-feira (14) um gráfico que indica como o time do Palmeiras mudou em um curto espaço de tempo. Os dias, aliás, representam as datas comemorativas nos domingos das mães e dos pais, ou seja, entre maio e agosto desta temporada.

Curiosa e coincidentemente, os dois jogos foram contra o Vasco. Os remanescentes das duas partidas foram o goleiro Fernando Prass — que só entrou no gol porque o novo titular, Jailson, machucou-se na partida que eliminou o Verdão da Libertadores —, o lateral Jean, o zagueiro Edu Dracena e o meia Guerra.

Relacionadas

Tchê Tchê esteve nas duas partidas, mas jogou a primeira como volante e a segunda, como meia. Na primeira, o Palmeiras venceu facilmente por 4 a 0; na do último domingo, o resultado foi um modorrento 1 a 1.

A mudança entre os titulares ajuda a explicar por que o Palmeiras não consegue ter um time sólido na temporada?

Reprodução ESPN Brasil