Equipe feminina do Palmeiras não terá férias e segue trabalho físico em quarentena

Foto: Divulgação/Palmeiras

Ao contrário do elenco masculino alviverde que ganhou um recesso de 20 dias, o time feminino do Palmeiras não receberá férias para este mês de abril. As meninas do Verdão seguirão em quarentena, cada uma de sua respectiva casa, onde estão cumprindo todas regras nutricionais e físicas que foram passadas pela comissão técnica do clube.

O último jogo das Palestrinas foi o clássico contra o São Paulo, no dia 15 de março, em Vinhedo, em jogo válido pela 5ª rodada do Brasileirão Feminino. Na ocasião, o Palmeiras venceu de forma emocionante e de virada no último minuto e chegou aos 9 pontos, alcançando a quarta colocação da tabela.

Relembre como foi a partida:

Pelas redes sociais, algumas jogadoras do Verdão estão mostrando a rotina de treinos mesmo longe do clube. Única representante do clube nos últimos amistosos da Seleção Brasileira, a atacante Bia Zaneratto está com a sua família em Araraquara.

Bia inclusive foi uma das responsáveis pela criação do movimento Joga Junto FF, um projeto que reúne os maiores nomes do futebol feminino brasileiro. A campanha visa arrecadar fundos para o SUS e ajudar os mais necessitados na luta contra o coronavírus.

View this post on Instagram

[email protected] [email protected]! Somos do futebol feminino, estamos realizando uma campanha para combater o COVID-19. Contamos com a doação de vocês para arrecadar fundos que serão destinados às necessidades do SUS. As camisetas dos nossos clubes serão sorteadas às pessoas que ajudarão nessa luta . TODA DOAÇÃO É BEM-VINDA E FAZ A DIFERENÇA! . A sua colaboração pode salvar uma vida! Vakinha: a partir de R$ 25,00 PicPay: qualquer valor . #futebolfeminino #jogajuntoff #fiqueemcasa . Para fazer sua doação, acesse: https://bit.ly/39ocV6E Perfis colaboradores: @futebolepmulher @femininopalmeiras @FlaFeminino (só no tt) @taynafiori @krisalbuquerq @minasbrasiliaff

A post shared by Beatriz Zaneratto🇧🇷⚽️ (@biazaneratto) on

Assim como o masculino, as meninas aguardam a CBF e a FPF para que o calendário de competições seja retomado e que enfim todas elas possam voltar aos treinos com bola.