Fluminense derruba liminar e complica situação de Scarpa no Palmeiras

O meia Gustavo Scarpa sofreu uma dura derrota nos tribunais. O atleta que saiu do Fluminense por meio da justiça teve a sua liminar derrubada por cinco votos a quatro em julgamento realizado no Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro na tarde desta quinta-feira.

Enquanto o Palmeiras não for notificado oficialmente da decisão, o camisa 14 segue liberado para atuar com a camisa alviverde. A expectativa é de que os advogados de Scarpa entrem com um recurso, porém não há previsão de um rápido efeito suspensivo a ser concedido.

Relacionadas

A derrota é única e exclusivamente de Gustavo Scarpa, já que o jogador entrou como pessoa física na justiça para se desligar do clube. Partindo do princípio que a liminar adquirida pelo meia argumentava que o contrato estava rompido e ele poderia procurar outro clube para trabalhar enquanto o processo se resolvia, não haveria rompimento de contrato na assinatura com alguma outra agremiação, tornando desnecessário o pagamento de multa em derrota na justiça. O clube dará todo apoio necessário ao atleta, mas não terá prejuízo algum financeiro.

A decisão vem justamente quando Scarpa vive a sua melhor fase no Palmeiras. No último domingo, em Itu, o meia marcou dois belos gols que garantiram a vitória do Palmeiras por 3 a 0 diante do Ituano. Muitos torcedores, inclusive, já pedem a sua titularidade na equipe do técnico Roger Machado.