Lázaro diz poder ‘atuar em qualquer posição no Palmeiras’ e afirma: ‘O que mais fascina é fazer gol’

Atacante foi apresentado oficialmente pelo Verdão e revelou objetivos para temporada de 2024

No início da tarde desta sexta-feira (9), Lázaro foi apresentado oficialmente como novo reforço do Palmeiras. O atacante de 21 anos celebrou a chegada ao clube alviverde, exaltou a capacidade de atuar em qualquer posição na equipe e revelou objetivos.

Conheça o canal do Nosso Palestra no Youtube! Clique aqui.
Siga o Nosso Palestra no Twitter e no Instagram / Ouça o NPCast!
Conheça e comente no Fórum do Nosso Palestra

Relacionadas

– O que mais fascina é fazer gols, desde pequeno. Mas vou fazer de tudo aqui, dar carrinho, tentar, dar assistência, tudo para ajudar o clube. Estou empenhado para que as coisas deem certo. Consigo me adaptar muito bem. A qualidade eu tenho, noção e inteligência também, mas agora preciso administrar tudo isso e entender qual é meu lugar na equipe – ressaltou o novo camisa 17 do Verdão, que prosseguiu:

VEJA NO NOSSO PALESTRA
Confira o que disse atacante Lázaro na apresentação ao Palmeiras

– Sinceramente, posso fazer qualquer função no ataque. O mais importante é ajudar. Vou trabalhar para que faça gol, dê assistência. Cada jogo vai pedir uma estratégia, uma formação, e eu vou estar ali pra fazer qualquer função. Consigo me encaixar muito bem. Só qualidade hoje em dia não basta, então vou trabalhar para meu melhor.

O atacante tem 21 anos e atua como ponta esquerda, mas também pode jogar pelo lado direito do ataque. O jovem estava no Almería, da Espanha, desde a última temporada, quando fez seis gols em 20 jogos. 

O Palmeiras trabalha para reforçar a sua equipe para a temporada de 2024. Além de Lázaro, o Palmeiras também tem negociações encaminhadas com Rômulo, meia do Novorizontino. Por outro lado, o clube pode perder o atacante Breno Lopes, que negocia com o Vasco da Gama.

Confira outras respostas de Lázaro na coletiva de apresentação ao Palmeiras:

Conversas com Abel Ferreira

“Não tive conversas com o Abel ainda, mas falei com o Anderson Barros, que me passou bastante confiança e apoio. Depois que soube da proposta, fiquei bastante feliz. Fazia um tempinho que não ficava com brilho nos olhos, fiquei bobo quando soube que me queriam. Espero retribuir.”

Adaptação pela amizade com Richard Ríos

“Richard Ríos é um grande amigo meu, sempre tive carinho por ele. A gente trocava mensagens e hoje estava falando com ele sobre a Seleção Colombiana e é um garoto que merece muito. A gente veio do pouco e eu torço para que ele conquiste as coisas. Hoje no Palmeiras ele tem a chance de mostrar seu futebol e eu fico muito feliz. Cada um tem que lutar pelo seu espaço aqui no Palmeiras, estou chegando agora e vou batalhar para isso. Juntando tudo que tenho, vou dar meu máximo para conquistar esse espaço.”

Trabalho com outros portugueses: Jorge Jesus e Paulo Sousa

“Trabalhei com Jorge Jesus e Paulo Sousa, inclusive o Mister (JJ) que me deu a chance no profissional, então sou muito grato pelas palavras dele e pela confiança dos dois. Os dois sempre conversaram comigo e mudaram minha mentalidade. Minha passagem na Europa no sentido tático foi positiva, já que aprendi muito com todos os treinadores, espanhóis também. Vai ser um prazer trabalhar com o Abel que, além de um grande treinador, é um grande ser humano. Estou ansioso.”

Aprendizagem na Europa

“No futebol temos que ter uma boa mentalidade. Na Espanha, minha passagem não foi das melhores, mas independente disso, vou olhar para o trabalho que é uma coisa que ninguém vê. Trabalhando sem parar, o gol aparece. Se lá não apareceu é porque não tinha que aparecer. Vou dar meu melhor independente da situação. Minha trajetória poderia ter sido melhor, queria mais oportunidades, mas peguei três treinadores e a adaptação foi complicada. Mas vejo isso como amadurecimento, não um problema. Quando surgiu a proposta de um gigante como o Palmeiras, que sempre disputa títulos e ganha quase tudo, foi um momento que pensei que não teria como recusar. Não é um passo para trás, é uma oportunidade imensa. Quero ajudar, quero fazer de tudo.”