Opinião: ‘São Paulo é inimigo do Palmeiras e isso jamais vai mudar’

Tem que acabar pra ontem todos os sensos de relação institucional, tem que ser rival pra valer, resolvendo no campo, sempre no campo

Não há e nem nunca houve qualquer tipo de relação saudável com esse clube. Nenhuma postura covarde deveria ser surpresa – a não ser quando a presidente do Palmeiras foi permissiva e deu a mão quando chegou até ela um pedido de ajuda.

Há 30 anos, o Morumbi surgiu esburacado para impedir que o Verdão recebesse faixas de campeão no estádio – feito pelo governo e que só surgiu porque não conseguiram tomar de assalto o nosso, feito pelos nossos.

Relacionadas

Conheça o canal do Nosso Palestra no Youtube! Clique aqui.
Siga o Nosso Palestra no Twitter e no Instagram / Ouça o NPCast!
Conheça e comente no Fórum do Nosso Palestra

VEJA NO NOSSO PALESTRA
Raphael Veiga empatou o clássico contra o São Paulo com um gol de pênalti

O São Paulo é um INIMIGO do Palmeiras. Quando deram coletiva celebrando classificação no Allianz, não houve protesto. Quando tomou de 5 a 0, também não. Como havia uma festa preparada para o Morumbis e ela não aconteceu, o Pavão presidencial criou uma narrativa histérica.

Tem que acabar pra ontem todos os sensos de relação institucional, tem que ser rival pra valer, resolvendo no campo, sempre no campo. Não peço violência entre torcida, e todos sabem disso. É questão de índole, história e respeito. Nós cá, eles lá.

Dito tudo isso, é um prazer mais uma vez deixar o campo de chocolate com um resultado favorável. Ver o escândalo público é ainda mais satisfatório. E sempre bom lembrar que a história se constrói adiante, e vencer o São Paulo tem que ser objetivo diário, constante e eterno. Um hábito.