Volta por cima, gols e liderança: relembre a passagem de Bruno Henrique pelo Palmeiras

Volante deixa o clube após mais de 3 anos e com números que o colocam na história da Sociedade Esportiva Palmeiras

Nesta sexta-feira (9), chegou ao fim a história de Bruno Henrique no Palmeiras. Negociado com o Al-Ittihad, da Arábia Saudita, o volante deixou a concentração do Verdão e não deve mais vestir a camisa do clube que defendeu nas últimas quatro temporadas.

Conheça o canal do Nosso Palestra no Youtube! Clique aqui.
Siga o Nosso Palestra no Twitter e no Instagram!

Com uma pequena identificação com o maior rival do Palmeiras, Bruno Henrique chegou ao clube em meados de 2017, já sabendo que precisaria jogar muito para cair nas graças da torcida alviverde.

Bruno Henrique foi apresentado no dia 22 de junho de 2017, na Academia de Futebol (Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras)

Relacionadas

Após um início difícil com Cuca, o volante sofreu para se adaptar ao futebol brasileiro após curta passagem pela Itália. O pênalti perdido diante do Barcelona-EQU, pelas oitavas de final da Libertadores, complicou ainda mais a imagem do atleta com o torcedor alviverde.

O camisa 19 entrou até na lista de dispensa da maior organizada do clube, ao final da temporada. Mal sabiam os críticos que um ano depois, ele seria um dos grandes protagonistas do Verdão.

Roger foi o principal responsável pelo crescimento de Bruno Henrique no Palmeiras (Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Roger Machado assumiu o comando do Palmeiras no início de 2018, e foi com o técnico gaúcho que Bruno Henrique virou um dos principais jogadores do Verdão. O treinador escalou o camisa 19 na estreia do clube na Libertadores de 2018, e contrariando a corneta de muitos, Bruno marcou dois gols sobre o Junior, em Barranquilla, e não saiu mais do time titular palmeirense.

Importante na proteção e melhor ainda na chegada ao ataque, Bruno Henrique fez 16 gols no ano, e com Felipão, recebeu a faixa de capitão do alviverde imponente. Ao lado de Dudu, foi o cara da temporada que terminou com o título brasileiro, levantado merecidamente pelo volante.

No campanha do Deca, Bruno Henrique marcou nove vezes em 33 partidas (Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras

A temporada de 2019 começou com o mercado internacional de olho no futebol de Bruno Henrique, que havia sido um dos melhores jogadores do Brasil na temporada anterior. A China quase levou o jogador, mas para delírio dos palmeirenses, o NOSSO PALESTRA trouxe a informação que a diretoria alviverde havia conseguido segurar o atleta.

Apesar das críticas pela queda de desempenho após a renovação de contrato, Bruno Henrique foi mais uma vez importante na temporada alviverde, e no segundo semestre, na vitória por 6 a 2 sobre o CSA, com dois gols, Bruno se tornou o sétimo volante com mais gols na história do Palmeiras, atrás de nomes como Marcos Assunção e Waldemar Fiúme.

Com mais bolas na rede no restante da temporada, Bruno alcançou a lista de top 5 dos maiores volantes artilheiros do Verdão. Em média de gols, somente Marcos Assunção teve números melhores.

Bruno encerra passagem no Palmeiras a um gol de entrar para a galeria dos 100 maiores artilheiros do clube (Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras)

Com Mano Menezes, Bruno Henrique terminou o Brasileirão como artilheiro do Palmeiras no campeonato, com 10 gols. Mesmo atuando em uma posição distante do gol, Bruno Henrique também entrou no TOP 5 de artilheiros dos pontos corridos desde 2018, ficando atrás somente de Gabigol, Bruno Henrique, Éverton Cebolinha e Gilberto.

Apesar dos bons números, Bruno viveu períodos turbulentos em 2019. Com cobranças exageradas por parte da torcida, o volante viu até a sua esposa ser agredida na Arena da Baixada, no duelo entre Palmeiras x Atlhetico-PR.

Mesmo com todas as dificuldades extra-campo, o volante seguiu atuando e honrando o seu compromisso com o clube, marcando inclusive gol sobre o Corinthians, e evitando uma derrota vexatória para o rival.

Em 2020, com Luxemburgo, Bruno Henrique não conseguiu manter a fase artilheira e caiu de produção. Tanto que o atleta de 30 anos deixa o clube sem nenhum gol nesta atual temporada.

Chega ao fim um casamento de quase quatro anos de um atleta que é muito elogiado nos bastidores do clube. A postura criticada por parte da torcida, que enxerga o camisa 19 ‘sem vontade’, não é vista no ambiente interno alviverde.

Bruno Henrique sempre demonstrou ser um atleta que tem muito respeito pela história da Sociedade Esportiva Palmeiras. A decoração de sua festa de aniversário, em 2017, é prova viva de que ele se tornou palmeirense.

Confira os números de Bruno Henrique pelo Palmeiras:

Jogadores do Palmeiras que mais venceram no Século XXI
1º – Marcos – 182 vitórias
2º – Dudu – 174 vitórias
3º Fernando Prass – 151 vitórias
4º – Valdivia – 122 vitórias
5º – Márcio Araújo – 118 vitórias
6º – Corrêa e Wendel – 101 vitórias
8º – Bruno Henrique – 101 vitórias
9º – Felipe Melo – 100 vitórias
10º – Willian – 99 vitórias

Jogadores do Palmeiras com mais jogos pela Libertadores
1º – Marcos – 57 jogos
2º – Alex – 39 jogos
3º – Galeano – 38 jogos
4º – Dudu (meia-atacante) – 34 jogos
5º – César Sampaio – 30 jogos
6º – Ademir da Guia e Dudu (volante) – 29 jogos
8º – Rogério – 27 jogos
9º – Bruno Henrique, Willian e Cléber – 26 jogos

Jogadores do Verdão com mais vitórias pela Libertadores
1º – Marcos – 27 vitórias
2º – Dudu (meia-atacante) – 21 vitórias
3º – Ademir da Guia e Alex – 20 vitórias
5º – Galeano – 18 vitórias
6º – Bruno Henrique e Dudu (volante) – 17 vitórias
8º – Willian e Borja – 16 vitórias

Geral pelo Palmeiras
175 jogos
28 gols
12 assistências
101 vitórias
47 empates
27 derrotas

Títulos
Campeonato Paulista 2020
Campeonato Brasileiro 2018

Prêmios individuais
Bola de Prata 2018
Seleção do Campeonato Brasileiro 2018 (CBF)
Seleção do Campeonato Brasileiro 2018 (Mesa Redonda)
Melhor jogador do Campeonato Brasileiro 2018 (Mesa Redonda)

Artilharia
Artilheiro do clube no Brasileirão 2019 (10 gols)
Vice-artilheiro do clube no Brasileirão 2018 (9 gols)

Artilheiros do atual elenco
1º – Willian (52 gols)
2º – Bruno Henrique (28 gols)
3º – Gustavo Scarpa (20 gols)

Jogadores com mais jogos no atual elenco
1º – Willian (183 partidas)
2º – Bruno Henrique (173 partidas)
3º – Felipe Melo (162 partidas)

Volantes com mais gols pelo Palmeiras
1º – Zequinha – 40 gols em 421 jogos
2º – Marcos Assunção – 31 gols em 145 jogos
3º – Magrão – 29 gols em 229 jogos
4º – Dudu – 29 gols em 612 jogos
5º – Bruno Henrique – 28 gols em 173 jogos

Volantes com mais gols pelo Palmeiras (Média de gols)
1º – Marcos Assunção – média de 1 gol a cada 4,67 jogos
2º – Bruno Henrique – média de 1 gol a cada 6,17 jogos
3º – Og Moreira – média de 1 gol a cada 7,33 jogos
4º – Magrão – média de 1 gol a cada 7,89 jogos
5º – Goliardo – média de 1 gol a cada 9,84 jogos

LEIA MAIS