Abel elogia e dá respaldo a Jhon Jhon: ‘Pode chegar aos melhores do mundo’

Treinador destacou participação de Crias da Academia no time principal e falou a respeito da pressão de atuar no clube

Após a vitória do Palmeiras sobre o São Bernardo na noite desta quinta-feira (15) pelo Paulistão, Abel Ferreira elogiou a atuação de Jhon Jhon no duelo. O Cria da Academia atuou durante os 90 minutos e se manteve como único atleta do Verdão ao lado de Aníbal Moreno a ter atuado em todas as partidas do time em 2024.

Durante a coletiva pós-jogo, o treinador explicou que alguns erros técnicos do jogador fazem parte de suas caraterísticas de jogo. Em seguida, ele enfatizou o potencial do meia justamente por este estilo.

Relacionadas

– Temos que acreditar nos nossos jogadores, que trabalham muito para criar, como foi hoje, por exemplo, o Jhon Jhon, que é um jogador que tem um potencial imenso. Não sei aonde pode chegar esse jogador. Ele é um jogador que tem o jogo de risco, assume risco e, por isso, vai falhar passes. Quando esses passes entrarem, ele vai ser um jogador que pode chegar aos melhores do mundo.

Ainda a respeito de Jhon Jhon, Abel rebateu críticas de parte da torcida e destacou a pressão de atuar pelo Alviverde. O técnico revelou, inclusive, que aconselhou os atletas a não olharem as redes sociais em função de alguns comentários.

– Às vezes custa ser um pouco amassado neste momento, ou como foi no jogo da Supercopa. As pessoas não fazem a mínima noção e se escondem atrás do telefone. Estou farto de dizer a eles para não lerem. A gente nunca sabe quem está atrás do telefone, se são realmente torcedores do Palmeiras, se são pessoas que tem inveja. Jogar num cube como o Palmeiras, a idade não conta. A exigência é máxima.

Conheça o canal do Nosso Palestra no Youtube! Clique aqui.
Siga o Nosso Palestra no Twitter e no Instagram / Ouça o NPCast!
Conheça e comente no Fórum do Nosso Palestra

VEJA NO NOSSO PALESTRA
Confira o que disse Abel Ferreira após vitória do Palmeiras sobre o São Bernardo

Além de falar a respeito Cria da Academia, o português citou também Flaco López. O argentino passou por momentos de dificuldade no Verdão e agora vive fase artilheira.

– Gosto de jogadores que arriscam, falham e arriscam outra vez. São vaiados e continuam a arriscar. A imprensa critica, como foi o López, e continuam a trabalhar. Os jogadores só colhem o que plantam. Pode não ser no tempo que querem, mas eu nunca vi um jogador que seja sério e dedicado a treinar e, mais cedo ou mais tarde, não colha frutos do seu trabalho – apontou Abel.

Por fim, o treinador demonstrou satisfação pela participação do desempenho de jogadores formados no clube. Na partida desta quinta-feira sete atletas com passagem pela base alviverde foram a campo pelo time.

– Fico muito feliz por ter uma equipe jovem, por hoje iniciarmos com cinco ou seis jogadores que estão conosco desde que chegamos ao clube. Com o tempo e com paciência, eles crescem a cada dia que passa. Ver o Naves fazer o jogo que fez, ver o Fabinho fazer o jogo que fez no último jogo, ver o Jhon Jhon jogar mais minutos esse ano que o ano passado inteiro. E vai continuar a jogar – concluiu.

Desde o início do Paulistão, Abel Ferreira tem rodado o elenco e alternado os titulares do Palmeiras. Na próxima partida, o time deve ir com força máxima para enfrentar o Corinthians pelo estadual. O clássico acontece neste domingo (18) às 18h (de Brasília) na Arena Barueri.