Com Estêvão em campo, Palmeiras se reapresenta após empate contra Fortaleza

Zagueiro Luan, se recuperando de lesão na coxa, fez trabalhos de transição física

Depois de empatar a partida de domingo (26) diante do Fortaleza, o Palmeiras se reapresentou e treinou na manhã de segunda-feira (27) na Academia de Futebol. Destaque para o jovem Estêvão que trabalhou com a equipe após Copa do Mundo Sub-17 pela Seleção e para o zagueiro Luan que está em transição física no tratamento de uma lesão na coxa.

Conheça o canal do Nosso Palestra no Youtube! Clique aqui.
Siga o Nosso Palestra no Twitter e no Instagram / Ouça o NPCast!
Conheça e comente no Fórum do Nosso Palestra

Relacionadas

VEJA NO NOSSO PALESTRA
CBF divulga áudio do VAR de expulsão de Gustavo Gomez contra Fortaleza

Os titulares do jogo contra o Fortaleza fizeram atividades regenerativas na parte interna do centro de excelência. O restante foi a campo e realizou movimentações técnicas em dimensões reduzidas. O zagueiro Luan participou do começo do trabalho e depois seguiu seu cronograma com o Núcleo de Saúde e Performance. Na parte final, houve um treino também em campo reduzido, mas com a presença dos arqueiros.

Artrur entrou no segundo tempo diante do Fortaleza e valorizou o trabalho feito dia-a-dia na Academia de Futebol.

– O papel de quem está no Palmeiras é sempre desempenhar, trabalhar. Independentemente se está jogando ou não, somos uma equipe muito unida. O Abel sempre nos cobra intensidade nos treinos, que, se treinarmos com intensidade, no jogo vai acontecer naturalmente. Pude receber a oportunidade, agarrei de uma boa maneira, defendendo e atacando. Ressaltar também a equipe, com um a menos, a força de corresponder em um jogo difícil, calor de Fortaleza. Então, é exaltar o trabalho de todos – afirmou o camisa 14.

O atacante completou 50 partidas pelo Verdão – na atual temporada, são 40 embates e dez bolas na rede. Natural do Ceará, Artur ficou feliz em jogar em sua terra natal.

– É uma emoção muito grande sempre que vou jogar lá. Pedi uns 70 ingressos, a família inteira reunida, todos palmeirenses. Vibraram bastante, ainda mais com a minha entrada. Foi muito importante o ponto fora de casa, sabemos da dificuldade do adversário. Temos de parabenizar a equipe inteira – disse.

O Verdão volta a campo na quarta (29), quando enfrentará o América-MG, no Allianz Parque, às 21h30 (de Brasília). Para Artur, será mais uma final para o elenco.

– Agora é jogo a jogo, falta pouco. Não podemos tirar o pé, não podemos baixar a cabeça ou achar que vai ser só mais um jogo. É mais uma final para a gente, encarar como se fosse uma final, fazer um bom jogo e sair com três pontos dentro de casa – concluiu.