Luxemburgo: ‘Por não precisar do segundo gol, era pra segurar mais a bola’

Técnico lamentou o empate sofrido no final da partida; não é a primeira vez que esse cenário ocorre no Verdão neste Brasileirão

Em entrevista concedida após o empate por 1 a 1 contra o Grêmio neste domingo (20), o técnico Vanderlei Luxemburgo comentou sobre o Palmeiras não conseguir segurar o resultado após estar à frente no placar:

“A estrategia nossa foi bem feita porque os jogadores entenderam a proposta de cada tempo. Sofrer gols acontece, não é falta de atenção. Faltou segurarmos a bola no ataque. Por não ter a necessidade de querer fazer o segundo gol, (poderíamos) tocar mais a bola, virar de um lado pro outro, ganhar um pouco mais de tempo. Aí o gol deles saiu numa bola parada, que o Ferreira antecipou no primeiro pau.”

Conheça o canal do Nosso Palestra no Youtube! Clique aqui.
Siga o Nosso Palestra no Twitter e no Instagram!

Luxa destacou que, por perder uma vantagem, a impressão que fica é negativa. No entanto, ressaltou que, se fosse o contrário, a situação seria encarada de outra forma:

“Se estivéssemos atrás e empatássemos no finalzinho, seria normal. A gente se incomoda porque estamos largando a vantagem no final do jogo. Mas a equipe soube jogar, e tornamos ela mais agressiva. Acontece que o futebol é dessa forma.”

Não é a primeira vez neste Brasileirão que os comandados de Luxemburgo cedem um empate após estarem à frente no marcador. Esse cenário também ocorreu contra Fluminense, Goiás" target="_blank">Goiás, Bahia e Sport. Ao todo, em dez partidas disputadas no campeonato nacional, o Verdão empatou seis vezes, tendo buscado a igualdade apenas em uma delas, contra o Internacional, no Allianz Parque.

LEIA MAIS: