Marcelo de Lima Henrique apita Choque-Rei no Allianz Parque

Árbitro carioca apitará seu sétimo jogo do Verdão na casa palmeirense

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) definiu, no último domingo (14), a equipe de arbitragem que estará em campo no clássico entre Palmeiras e São Paulo, nesta quarta-feira (17), às 20h30 (de Brasília), no Allianz Parque. Marcelo de Lima Henrique, do Rio de Janeiro, estará no comando do apito no Choque-Rei.

Esta será a sétima vez que o árbitro carioca apitará um jogo do Alviverde dentro da casa palmeirense. Nas seis oportunidades anteriores, o Verdão saiu de campo derrotado apenas uma vez, em partida diante do Goiás" target="_blank">Goiás, pelo Brasileirão de 2015, com placar de 1 a 0 para o Esmeraldino. Os outros duelos foram contra Cruzeiro (2 x 1), pela Copa do Brasil 2015, Atlético-MG (0 x 0), em 2017, Athletico-PR (2 x 0), em 2018, Avaí (2 x 0), em 2019, e, por fim, Juventude (1 x 1), na atual temporada.

Conheça o canal do Nosso Palestra no Youtube! Clique aqui.
Siga o Nosso Palestra no Twitter e no Instagram / Ouça o NPCast!
Conheça e comente no Fórum do Nosso Palestra

Marcelo de Lima Henrique também esteve em campo apitando a partida de ida da final da Copa do Brasil 2020 diante do Grêmio, disputada na Arena do Grêmio, em Porto Alegre. Na ocasião, o time comandado por Abel Ferreira levou a melhor com placar de 1 a 0.

A equipe de arbitragem para o Choque-Rei será composta por Eduardo Gonçalves Cruz (MS) e Márcia Bezerra Lopes Caetano (RO), nas bandeiras, e Matheus Delgado Candançan (SP), como quarto árbitro. O VAR estará a cargo de Rodrigo Carvalhaes de Mirando, também do Rio de Janeiro.

Depois de perder para o Fluminense por 2 a 1, neste domingo (14), no Maracanã, o Palmeiras perdeu a vice-liderança para o Flamengo e ficou mais distante da briga pelo título do Campeonato Brasileiro. O Choque-Rei será o terceiro confronto antes da final da Libertadores, marcada para o dia 27 de novembro, em Montevidéu, no Uruguai. O Palestra ainda terá compromissos diante de Fortaleza (20/11) e Atlético-MG (23/11).

LEIA MAIS