Palmeiras atinge oito jogos seguidos sem sofrer gols e se aproxima de marcas históricas

Maior série de jogos seguidos com 'baliza zero' na história do clube ocorreu em 1987 e durou 12 partidas

O Palmeiras venceu o Goiás por 1 a 0 pelo Campeonato Brasileiro na noite da última sexta-feira (15) e ampliou a atual sequência de jogos sem levar gol na temporada. O time de Abel Ferreira chegou a oito partidas consecutivas de ‘baliza zero’, maior série da equipe desde que o treinador assumiu a equipe, e se aproximou de mais uma marca histórica do clube.

Conheça o canal do Nosso Palestra no Youtube! Clique aqui.
Siga o Nosso Palestra no Twitter e no Instagram / Ouça o NPCast!
Conheça e comente no Fórum do Nosso Palestra

Relacionadas

A última vez que a sequência havia sido realizada ocorreu há cinco anos. Entre os meses de julho e agosto de 2018, o time então comandado por Felipão chegou a nove jogos seguidos sem ter suas redes balançadas. Ao final daquela temporada, a equipe faturou o Campeonato Brasileiro.

A atual sequência teve início em uma partida de Libertadores, na qual o Verdão empatou sem gols com o Atlético-MG no Allianz Parque pelas oitavas de final. Depois, vitórias sobre Cuiabá (2 a 0), Cruzeiro (1 a 0), Vasco (1 a 0), goleada por 4 a 0 diante do Deportivo Pereira na Colômbia e, 0 a 0 no jogo de volta contra os colombianos em São Paulo e outro 0 a 0 no Dérbi, além do 1 a 0 sobre o Goiás.

VEJA NO NOSSO PALESTRA
Weverton analisa produção do Palmeiras diante do Goiás: ‘Não tivemos chances de gol’

A última vez que o Palmeiras sofreu gol (e perdeu uma partida) aconteceu há mais de um mês, na derrota por 2 a 1 para o Fluminense no Maracanã, no dia 5 de agosto. No jogo, Abel escalou uma equipe mista em função da proximidade do confronto com o Atlético-MG pelas oitavas de final da Libertadores.

Mesmo alternando peças do sistema defensivo, o time conseguiu manter a solidez. Marcelo Lomba substituiu Weverton na vitória sobre o Cruzeiro, enquanto a zaga revezou duplas entre Gustavo Gómez, Murilo e Luan até atuar com o trio junto, como foi no empate com o Deportivo Pereira. No Dérbi, Murilo foi expulso, dando vaga a Luan novamente.

A maior série de jogos seguidos com a defesa intacta na história do clube durou 12 duelos e foi alcançada no ano de 1987, sob comando do treinador Valdemar Carabina.