Especial Primeira Academia 1965 - Normal: Palmeiras 1 x 0 Corinthians

Especial Primeira Academia 1965 - Normal: Palmeiras 1 x 0 Corinthians

Na estreia do Rio-São Paulo, empate por 2 a 2. Ainda não era o time que seria chamado de Academia. O que começou vencendo o Derby do returno na primeira chegada perigosa, aos 6min: Tupãzinho tabelou com Gildo que chutou travado por Mendes. A bola sobrou para Tupã fazer de cabeça.

Rinaldo teve grande chance de ampliar, aos 11. Depois o Corinthians equilibrou. Também pelo recuo excessivo alviverde. Dudu e Ademir tiveram papel essencial pra não deixar (Édson futuro companheiro campeão brasileiro em 1973) e o jovem Rivellino jogarem.

Flávio perdeu duas grandes chances. Mas o Palmeiras criou mais. O jogo ficaria mais pesado e pegado na segunda etapa. E descambaria aos 23: Djalma Dias fez falta em Rivellino. Flávio chegou empurrando o zagueiro. Ele acabou revidando. Ambos foram expulsos.

Logo depois, Filpo perderia Djalma Santos, que saiu lesionado depois de entrada forte de Bazzani. Ferrari entrou improvisado na lateral-direita e deu conta do recado até o final.

Filpo manteve o time mais rápido e físico, com Tupãzinho como ponta-de-lança e Pantera comandando o ataque. Deu certo mais uma vez.

A vitória deixou o Palmeiras na vice-liderança do returno ao lado do São Paulo, com quatro pontos em três rodadas. O Flamengo era o líder com cinco. E já tinha enfrentado e vencido o Verdão. Se ganhasse também o returno, o Palmeiras seria o campeão antecipado do Rio-São Paulo.

Naquele momento, não dependia apenas dele.

PALMEIRAS 1 X 0 CORINTHIANS
Torneio Rio-São Paulo/Turno Final
Quarta-feira, 5/maio
Pacaembu
Juiz: Ethel Rodrigues
Renda: Cr$ 40 683 000
Público: não disponível
PALMEIRAS: Valdir; Djalma Santos (Ferrari), Djalma Dias, Valdemar Carabina e Geraldo Scotto; Dudu e Ademir da Guia; Gildo, Tupãzinho, Ademar Pantera e Rinaldo (Servílio)
Técnico: Filpo Nuñes
CORINTHIANS: Heitor; Augusto, Mendes,Clóvis e Maciel; Edson Cegonha e Rivellino; Manoelzinho (Luizinho), Nei (Bazzani), Flávio Minuano e Geraldo.
Técnico: Oswaldo Brandão.
Gols: Rinaldo 6 do 1º
Expulsões: Djalma Dias e Flávio, 23 do 2º tempo.

  • Mauro Beting

    Mauro Beting

    Mauro Beting é comentarista do Esporte Interativo e da rádio Jovem Pan, blogueiro do UOL, comentarista do videogame PES desde 2010. Escreveu 16 livros, e dirigiu três documentários para cinema e TV.