Após briga, Abel lamenta violência no futebol: ‘Não deveria ser baseado em ódio’

Torcedores de Palmeiras e Coritiba entraram em embate do lado de fora do Couto Pereira durante a partida

Após a vitória do Palmeiras sobre o Coritiba neste domingo (12), que marcou o fim de um tabu de 25 anos do Verdão sem ganhar no Couto Pereira, Abel Ferreira comentou sobre episódio de violência que aconteceu durante a partida. Se dentro de campo o time saiu com a vitória, fora do estádio não houve vencedor.

Uma briga entre torcedores das duas equipes paralisou a partida em decorrência da utilização de gás de pimenta que afetou a respiração de jogadores e torcedores presentes no estádio. Abel lamentou o acontecido e a cultura de ódio no futebol durante entrevista coletiva.

– O futebol não deveria ser baseado em ódio. Futebol é espetáculo! As pessoas olham para o futebol e querem que o adversário morra. Não é assim. O palmeiras precisa do Corinthians, do São Paulo, do Flamengo. Se eu jornalista semeio ódio, eu treinador semeio ódio, eu jogador semeio ódio… vamos colher o que plantamos.

Conheça o canal do Nosso Palestra no Youtube! Clique aqui.
Siga o Nosso Palestra no Twitter e no Instagram / Ouça o NPCast!
Conheça e comente no Fórum do Nosso Palestra

Apesar da tristeza pelo ocorrido, o treinador também fez questão de destacar positivamente o comportamento da torcida do Coritiba. Os torcedores paranaenses aplaudiram a equipe ao final do jogo mesmo com o revés.

– Posso olhar para essa parte e o sentimento que tenho é tristeza, mas também posso dizer que, quando sai do jogo, vi toda torcida do Coritiba a aplaudir e quis dizer parabéns a eles. O time deles perdeu e eles reconheceram que o Coritiba fez tudo que podia, contra um adversário muito triste. Acho triste o episódio, mas posso valorizar o lado positivo também – afirmou.

De acordo com Delegacia Móvel de Atendimento ao Futebol e Eventos (Demafe), ambulâncias conduziram pessoas feridas na briga ao redor do Couto Pereira. Até o momento da publicação da matéria, a Polícia Militar havia registrado somente um ferido.

LEIA MAIS
Palmeiras quebra tabu, vence Coritiba no Couto Pereira e retoma liderança do Brasileirão