Após polêmica do caso Fifa, conselheiros do Palmeiras preparam pedido de exclusão de Del Nero do clube

Após polêmica do caso Fifa, conselheiros do Palmeiras preparam pedido de exclusão de Del Nero do clube

(Foto: Ricardo Stuckert/CBF)

Caiu como uma bomba a notícia de que o Palmeiras poderia até ser rebaixado para a Série B por causa de Marco Polo Del Nero. O ex-presidente da CBF e conselheiro vitalício do Palmeiras foi punido pela entidade máxima do futebol e está banido de qualquer atividade relacionada ao esporte até o final de sua vida.

Em maio de 2018, alguns conselheiros do Palmeiras entraram com um requerimento, pedindo a exclusão de Del Nero do quadro de sócios do clube.

Seraphim Del Grande, presidente do Conselho Deliberativo do clube, não levou o pedido a frente e Del Nero seguiu no quadro de sócios da SEP.

Procurada pelo "Estadão" sobre a permanência de Del Nero no Conselho Deliberativo do Palmeiras, a Fifa informou por meio de um porta-voz, que o Palmeiras está sujeito às sanções previstas no artigo 64 do seu Código Disciplinar, atualizado em 2017 após o escândalo de corrupção que resultou na detenção de vários dirigentes, entre eles José Maria Marin, ex-presidente da CBF e grande amigo de Del Nero.

De acordo com o regulamento da entidade, o clube que descumprir a ordem “será avisado e notificado que, no caso de inadimplência ou não cumprimento de uma decisão dentro do prazo estipulado, pontos serão deduzidos ou será ordenado o rebaixamento para uma divisão inferior".

O Palmeiras também pode ser proibido de realizar transferências de jogadores.

O NOSSO PALESTRA entrou em contato com alguns conselheiros do Verdão, que inclusive estavam incluídos na carta que pedia a exclusão do cartola do quadro de sócios do clube.

José Corona, afirmou que irá entrar com um pedido imediato de expulsão de Del Nero. “Não é mais um pedido meu, ou de algum outro conselheiro. É um pedido da FIFA. Não tem o que o clube alegar. Ou expulsa, ou expulsa. O clube e a sua torcida não podem correr o risco de ser prejudicado por ele. Vou pedir uma Assembléia de urgência para discutirmos e resolvermos isso”, disse ao NP.

Já Felipe Giocondo, outro conselheiro que fez parte da turma que queria a exclusão de Del Nero já no ano passado afirmou: "O papel do presidente do CD é justamente evitar que situações como essa ocorram. Muitos conselheiros alertaram sobre a situação e não cabe a nós avaliar o envolvimento ou não do Del Nero com atos ilícitos. Cabia, apenas e tão somente, cumprir a determinação de um órgão ao qual estamos subordinados".

  • Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim, 27 anos, detesta quem assiste ao jogo sentado e tem como grande ídolo Armando Nogueira. Formado em Jornalismo pela UMESP em 2012, cobriu a Copa do Mundo da Rússia pelo jornal Lance!