Câmera aberta! Como Felipe Melo e Thiago Santos funcionam juntos?

Câmera aberta! Como Felipe Melo e Thiago Santos funcionam juntos?

No último domingo, Felipão colocou em campo uma dupla cuja aceitação do torcedor palmeirense não costuma ser fácil: dois volantes marcadores. Lado a lado estavam Thiago Santos e Felipe Melo diante da Chapecoense, o que para muitos seria o cúmulo da retranca contra um frágil adversário. Mas deu certo. Contra o Atlético-PR, nessa quarta-feira, Felipão voltou a aposta na dupla para iniciar a partida. Como eles funcionam? Explico abaixo.

Produzi um vídeo com imagens em câmera aberta para exemplificar um pouco da movimentação, das responsabilidades e das funções de cada um em diferentes momentos da partida. Vale conferir quem sobe, por qual motivo sobe, quem marca na direita, quem marca na esquerda e mais. Confira clicando no link abaixo!

Felipe Melo e Thiago Santos funcionam bem defensivamente, mas não são um primor quando necessitam criar diante de outro sistema defensivo forte, como o do Atlético-PR. Justamente por isso, quando Felipão percebeu que seria complicado manter a formação e buscar a abertura do placar, optou por sacar Thiago Santos da equipe para a entrada de Bruno Henrique, cuja aptidão criativa e ofensiva fez a diferença no segundo tempo e tornou o Palmeiras mais perigoso. Porém, a dupla de cães de guarda do Palmeiras pode ser, sim, excelente opção no decorrer dos jogos ou até mesmo em partidas nas quais o Palmeiras encare um adversário difícil de ser marcado jogando longe do Allianz Parque.

  • Rodrigo Fragoso

    Rodrigo Fragoso

    Formado em Jornalismo na Faculdade Cásper Líbero e especializado em gestão, direito e marketing esportivo pela FIFA/CIES/FGV.