Especial Libertadores-99: Palmeiras contratava goleiro que Felipão não queria e enfurecia treinador, em 31/01/1999

Especial Libertadores-99: Palmeiras contratava goleiro que Felipão não queria e enfurecia treinador, em 31/01/1999

Felipão mal conhecia o goleiro Adinam, do União de Araras - o primeiro a levar um gol de falta de Rogério Ceni, em 1997. E ficou de vez de mal com o presidente Mustafá Contursi, que o contratou sem consultar o técnico, que queria mesmo a renovação emperrada do contrato do titular Velloso (finalmente acertada na véspera, por apenas seis meses, junto com o volante Rogério).

"Eu não pedi esse jogador e não fui consultado a respeito dele", disse Felipão para a FOLHA DE S.PAULO.

O diretor de futebol do clube, Sebastião Lapolla, disse que Mustafá estava interessado no goleiro havia muito tempo, que ele era um atleta "barato", que havia acertado o negócio, e pedido para Lapolla e Paulo Angioni (diretor da Parmalat no Palmeiras) avisarem o treinador.

Além de demorar a renovar o contrato com Velloso, o Palmeiras também errava ao não querer reaproveitar o goleiro Sérgio, campeão paulista e brasileiro em 1993, depois de uma série de empréstimos. O próprio Felipão dizia que estava "bom" manter apenas três goleiros: Velloso, Marcos e Marcelo.

E já deixava qual seria o destino de Adinam: "Às vezes o clube faz algumas parceiras com outros times só para contratar jogadores. Mas quem escala sou eu".

O elenco do Palmeiras viajou naquele domingo mesmo para Serra Negra, onde ficaria treinando se preparando para a Libertadores.

  • Mauro Beting

    Mauro Beting

    Mauro Beting é comentarista do Esporte Interativo e da rádio Jovem Pan, blogueiro do UOL, comentarista do videogame PES desde 2010. Escreveu 16 livros, e dirigiu três documentários para cinema e TV.