O retrato do 2019 palmeirense: Três volantes que nunca treinaram juntos

O retrato do 2019 palmeirense: Três volantes que nunca treinaram juntos

Crédito: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

Antes mesmo do jogo entre Flamengo e Palmeiras começar, a torcida palmeirense já teve motivos para se preocupar. Com uma escalação com três volantes, Felipão demonstrava que entraria no jogo jogando pra não perder.

A estratégia deu certo até os primeiros cinco minutos. Quando o promissor Matheus Fernandes abriu o placar, porém o gol foi bem anulado pelo VAR.

Depois disso acabou o Palmeiras na partida, e a informação dada pelo ótimo João Gabriel Falcade após o jogo dava conta que a formação escolhida não foi nem treinada na semana anterior da partida.

Felipão não fez um treino sequer com Felipe Melo, Bruno Henrique e Matheus. O volante ex-Botafogo inclusive só ficou sabendo que jogaria no hotel.

Como prêmio pelo bom primeiro tempo no Maracanã, Matheus Fernandes ganhou de presente a substituição no intervalo.

A covarde e louca estratégia que nem foi treinada se mostrou ineficiente no baile que o Palmeiras sofreu no Maracanã.

O rodízio e controle do elenco que deu tão certo em 2018 parece ter desmoronado nesta temporada.

Com escolhas incoerentes e escalações irresponsáveis como a de ontem, Felipão vai perdendo sua maior força desde que voltou ao Palmeiras: a gestão do elenco.

A pressão de conselheiros, torcida e da própria diretoria faz com que Scolari viva a sua pior crise no clube.

É fato que o atual campeão brasileiro está perdido, literalmente caindo pela tabela e sem um pingo de comando.

Felipão sinalizou na coletiva pós jogo que grandes mudanças virão na equipe, principalmente táticas.

Esperamos que elas sejam pelo menos treinadas dessa vez. Já que ninguém sabe de nada que está acontecendo lá dentro. Inclusive quem comanda.

  • Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim, 28 anos, detesta quem assiste ao jogo sentado e tem como grande ídolo Armando Nogueira. Formado em Jornalismo pela UMESP em 2012, cobriu a Copa do Mundo da Rússia pelo jornal Lance!