Os cinco piores erros de Alexandre Mattos no Palmeiras

Os cinco piores erros de Alexandre Mattos no Palmeiras

Fotos: Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Alexandre Mattos foi desligado do Palmeiras neste domingo, 1, após mais uma derrota do Palmeiras para o Flamengo. O executivo de futebol deixa o Verdão após cinco anos de história e três títulos nacionais.

Mattos viveu os seus dois primeiros anos de clube em uma verdadeira lua de mel com a torcida palmeirense. A reformulação feita em 2015 mudou o Palmeiras de patamar, e muito do trabalho de Mattos resultou na conquista do Campeonato Brasileiro de 2016, 22 anos depois.

É claro que o dirigente teve muitos acertos, mas também cometeu alguns muitos erros.

Listamos as cinco piores contratações de Mattos pelo Palmeiras.

Confira a lista!

1 - Carlos Eduardo

A segunda maior contratação da história do clube, o jogador de 24 anos é uma grand3 incógnita dentro do clube. Mattos diz que foi um pedido de Felipão e Turra. Fato é que todos sabíamos que Carlos Eduardo não valia os 23 milhões que nele foram gastos. Com boas apresentações pela Série B com o Goiás, o camisa 37 deve ser negociado para 2020. Em 20 jogos pelo Palmeiras, Carlos Eduardo só fez um gol, diante do São Paulo no Pacaembu.

2 - Miguel Borja

Apesar de ter sido o artilheiro do Palmeiras em 2018, a maior contratação da história do Palmeiras foi um grande fracasso. No caso de Borja, Alexandre Mattos não teve muita culpa, uma vez que toda torcida queria a contratação do melhor jogador das Américas em 2016. O problema é como o contrato foi amarrado. No final deste ano, o Palmeiras ainda teve que gastar mais 11 milhões de reais com o camisa 9. No final das contas, Miguel devolveu pouquíssimo do que o clube apostou nele.

31878732377_acd712c027_c

3 - Juninho

O zagueiro canhoto fez um bom Campeonato Brasileiro pelo Coritiba em 2016. Mas nada que justificasse o valor que o Palmeiras pagou pelo futebol de Juninho. Após péssimas apresentações foi emprestado para o Galo, e depois para o Bahia, que enfim comprou o zagueiro.

34573303161_fd6aa1f5b0_c

4 - Leandro Almeida

Talvez um dos maiores erros de Mattos no Palmeiras. Não pela aposta em mais um zagueiro vindo do Coritiba e sim pelos quatro anos de contrato. Leandro Almeida atuou pelo Palmeiras apenas em 2015 e depois foi emprestado seguidas vezes pelo clube, até o seu contrato se expirar, em junho desse ano.

19958115600_87c5eb6156_c

5 - Erik

Apesar de ter sido importante na campanha do Eneacampeonato Brasileiro, o jovem atacante Erik não fez valer o investimento que o Palmeiras fez em seu futebol. Após um ano de 2015 muito bom pelo Goiás, Alexandre Mattos decidiu comprar o atleta por 13 milhões de reais. Em 2018 Erik foi emprestado ao Atlético-MG, mas foi no Botafogo depois onde conquistou . Neste ano, com medo de perder o aleta de graça para o futebol japonês, o Palmeiras renovou o contrato de Erik até 2022. O atleta está emprestado para o Yokohama Marinos até o final de 2020.

24124584692_63a0073417_c

  • Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim, 28 anos, detesta quem assiste ao jogo sentado e tem como grande ídolo Armando Nogueira. Formado em Jornalismo pela UMESP em 2012, cobriu a Copa do Mundo da Rússia pelo jornal Lance!