Sem Dudu, Mano chega ao 4º jogo pelo Palmeiras sem conseguir repetir uma escalação

Sem Dudu, Mano chega ao 4º jogo pelo Palmeiras sem conseguir repetir uma escalação

Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras/ Divulgação

O técnico Mano Menezes terá a sua primeira grande dor de cabeça para escalar o Palmeiras. Isso porque o único jogador considerado insubstituível no elenco do Verdão, não poderá enfrentar o Fortaleza neste próximo domingo, às 16h no Castelão, na capital cearense.

Sem Dudu, o novo técnico alviverde terá mais uma vez que mexer no time e não conseguirá repetir uma escalação. Nos três jogos no comando do atual campeão brasileiro, Mano não repetiu nenhuma vez os mesmos onze iniciais.

Mas Mano não deve se preocupar com a ausência de seu camisa 7. Dudu é um jogador que dificilmente fica de fora das partidas, prova disso é que o atual craque do Brasileirão atuou em 18 partidas do primeiro turno, ficando de fora de apenas uma, por decisão de Felipão em poupá-lo.

Contra o Goiás, na estreia de Mano no Palmeiras, Felipe Melo estava suspenso, enquanto Weverton e Gustavo Gómez estavam em suas respectivas seleções. O técnico optou por Jaílson no gol, e Ramires na volância.

Já contra o Fluminense, os selecionados seguiram como desfalques, porém Melo voltou e Prass ganhou uma chance no gol, além de Willian ter ganho a vaga do lesionado Zé Rafael.

Diante do Cruzeiro, no último sábado, Mano pela primeira vez conseguiu escalar o Palmeiras com força total.

A grande expectativa da torcida para o duelo deste domingo fica por conta de quem será o substituto de Dudu. Lucas Lima, Hyoran, Angulo, Borja e Zé Rafael brigam pela vaga deixada pelo 'Baixola'.

Relembre as três escalações de Mano Menezes neste início de trabalho no Palmeiras:

Goiás x Palmeiras

Jaílson, Marcos Rocha, Luan, Vitor Hugo e Diogo Barbosa; Ramires, Bruno Henrique e Gustavo Scarpa; Dudu, Zé Rafael e Luiz Adriano

Palmeiras x Fluminense

F.Prass, Marcos Rocha, Luan, Vitor Hugo e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique e Gustavo Scarpa; Dudu, Willian e Luiz Adriano

Palmeiras x Cruzeiro

Weverton, Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Vitor Hugo e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique e Gustavo Scarpa; Dudu, Willian e Luiz Adriano

  • Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim, 28 anos, detesta quem assiste ao jogo sentado e tem como grande ídolo Armando Nogueira. Formado em Jornalismo pela UMESP em 2012, cobriu a Copa do Mundo da Rússia pelo jornal Lance!