100% fisicamente, Ramires planeja uma boa resposta para a torcida em 2020

100% fisicamente, Ramires planeja uma boa resposta para a torcida em 2020

Fotos: Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Ramires chegou ao Palmeiras carregando uma grande esperança da torcida em seu futebol. Com grandes passagens pelo futebol europeu e também pela seleção brasileira, o volante vem sofrendo com lesões há três temporadas e praticamente não jogou no Verdão no segundo semestre de 2019.

A chegada de Luxemburgo trouxe um novo ambiente dentro do clube. Em entrevista ao GloboEsporte.com, Ramires comentou a expectativa de trabalhar com Luxa e também de enfim conseguir engatar uma sequência no time titular do Verdão.

'Eu não consegui ter uma sequência de jogos ainda e dar essa resposta ao clube, aos torcedores, mas estou com meus pés no chão que isso vai acontecer, estou trabalhando para que isso aconteça. Importante é realmente começar com a equipe, fazendo todos os trabalhos, até porque isso é o suporte para toda a temporada. Tive um final de ano e um ano meio complicados, mas hoje posso afirmar que estou 100% mesmo, não sinto mais nada com relação à lesão que eu tive', disse Ramires.

49374480236_4cee382c09_c

O volante que chegou ao Palmeiras em junho de 2019, precisa entregar em campo todo o investimento que o clube fez nele. Com um dos maiores salários do elenco e quatro anos de contrato, Ramires pode ser um jogador essencial para Luxemburgo caso volte a jogar o que já jogou um dia.

'Foi uma coisa nova na minha carreira, nunca tive problema de lesão e ficar muito tempo sem jogar, acabou me complicando bastante. Eu me cobrava muito para estar em campo. Tinha dores nos treinos tentando me superar a todo momento, mas acabou não me ajudando', afirmou Ramires.

O camisa 18 ainda aproveitou para elogiar o departamento médico do Verdão:'A equipe de médicos do Palmeiras fez um trabalho extraordinário. Graças a eles estou aqui treinando. A ansiedade é grande de poder voltar a jogar. E jogar bem. Ninguém quer ficar machucado e não jogar. Ouvi muita coisa. É continuar trabalhando para as coisas acontecerem dentro de campo', finalizou Ramires.

  • Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim, 28 anos, detesta quem assiste ao jogo sentado e tem como grande ídolo Armando Nogueira. Formado em Jornalismo pela UMESP em 2012, cobriu a Copa do Mundo da Rússia pelo jornal Lance!