Anderson Barros chega ao Palmeiras com discurso de agressividade dentro e fora de campo

Anderson Barros chega ao Palmeiras com discurso de agressividade dentro e fora de campo

(Foto: Fabio Menotti/Agência Palmeiras/Divulgação)

Anderson Barros, novo diretor de futebol do Palmeiras, foi apresentado nesta quinta-feira, 19, na Academia de Futebol. Acompanhado de Edu Dracena, ele foi apresentado para a torcida por Maurício Galiotte e falou firme sobre o planejamento e a busca de um Palmeiras vencedor em 2020.

Entre tantas perguntas, Anderson admitiu que o Palmeiras está negociando Miguel Borja com o Olimpia, mas escapou pela tangente quando o assunto foi o atacante Michael do Goiás.

O diretor de futebol do Verdão repetiu diversas vezes que o clube não fará loucuras para trazer jogadores com nível parecido com o que o Verdão já tem.

Só na posição de Michael, o Palmeiras terá Gabriel Veron, Artur e Angulo para o próximo ano.

Anderson comentou sobre a escolha de Vanderlei Luxemburgo e disse que o trabalho está sendo pesado para o término deste ano. O novo técnico do Palmeiras inclusive tem participado de algumas escolhas para o próximo ano.

Edu Dracena também comentou sobre Luxa. O agora assessor técnico trabalhou com o comandante por duas vezes como jogador, e agora acredita que Luxemburgo tem totais condições de devolver o clube aos títulos.

Para finalizar a coletiva, Barros respondeu sobre Valdívia. O meia chileno encerrou sua passagem pelo Colo Colo e está livre para assinar com qualquer clube para a próxima temporada.

Segundo Barros o Mago é um ídolo da torcida, mas hoje a situação está bem distante de um acerto.

Vanderlei Luxemburgo será apresentado nesta sexta-feira, 20, a partir das 12h, na Academia de Futebol, encerrando o 2019 profissional do Palmeiras.

  • Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim, 28 anos, detesta quem assiste ao jogo sentado e tem como grande ídolo Armando Nogueira. Formado em Jornalismo pela UMESP em 2012, cobriu a Copa do Mundo da Rússia pelo jornal Lance!