Cadê o ataque? Palmeiras termina o ano com apenas gols de volantes no Dérbi

Cadê o ataque? Palmeiras termina o ano com apenas gols de volantes no Dérbi

Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras

O Palmeiras vai terminar 2019 sem conseguir vencer o seu maior rival. Após desperdiçar diversas chances, o Verdão não teve competência para derrotar o Corinthians e se não fosse mais um volante, o roteiro poderia ter sido ainda pior.

Assim como no Dérbi do primeiro turno, quando Felipe Melo empatou o jogo para o Verdão, ontem o gol de empate teve que vir do capitão e volante Bruno Henrique.

Nos três Dérbis do ano, nenhum atleta do ataque do Palmeiras conseguiu balançar as redes de seu maior rival.

O clássico do Paulista logo no começo do ano, começou com Borja de titular. Mas na segunda etapa Deyverson entrou e logo deixou o Verdão com um a menos, com uma expulsão tola após cuspir em Richard.

Já em Itaquera, o camisa 16 foi o titular e quase fez o gol da virada no último minuto quando Cássio fez uma defesa dificílima.

Ontem, mais uma vez Deyverson foi o titular alviverde. Após um péssimo primeiro tempo, o atacante fez Walter trabalhar bastante no início da segunda etapa.

Borja entrou em seu lugar e teve mais duas chances para marcar.

Porém o ataque de milhões alviverde passou em branco mais uma vez.

A coincidência é que pelo lado alvinegro nenhum atacante conseguiu passar por Weverton. Os três tentos corinthianos marcados no Dérbi foram de defensores, Avelar, Manoel e Michel Macedo.

  • Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim, 28 anos, detesta quem assiste ao jogo sentado e tem como grande ídolo Armando Nogueira. Formado em Jornalismo pela UMESP em 2012, cobriu a Copa do Mundo da Rússia pelo jornal Lance!