Eliminações e jogos longe do Allianz Parque fazem Palmeiras ter queda de arrecadação

Eliminações e jogos longe do Allianz Parque fazem Palmeiras ter queda de arrecadação

(Foto: Cesar Greco/Agência Palmeiras/Divulgação)

O Palmeiras tem o Campeonato Brasileiro como a única competição em disputa e as eliminações precoces e mais jogos no Pacaembu ajudaram o clube a arrecadar menos do que nas temporadas anteriores, em oito meses do ano.

São 22 partidas como mandante em 2019 e renda bruta de R$ 39,3 milhões. Desde a volta para o Allianz Parque, o Alviverde havia arrecadado mais de R$ 40 milhões no mesmo período entre 2015 e 2018. O atual valor deixa o Palmeiras em terceiro em arrecadação entre os clubes da Série A, atrás de Flamengo (R$ 49,9 milhões) e Corinthians (R$ 44 milhões), respectivamente.

Em comparação com o ano passado, o time avançou à final do Paulista e às semifinais da Copa Libertadores e Copa do Brasil. Juntas, as três partidas renderam R$ 10,5 milhões aos cofres.

Outro ponto que contribui para a queda desta receita está no fato de usar o Pacaembu mais vezes. Foram quatro oportunidades até então, sendo duas vezes em mata-mata: quartas do Paulista e Libertadores, além do clássico contra o Santos, no Brasileiro.

O Verdão ainda precisará utilizar o municipal durante a sequência do torneio nacional por shows marcados no Allianz. Este ano será o que mais a equipe vai sair de casa. Em 2016 e 2018 foram seis jogos como mandante longe do estádio e serão superados.

Mesmo com queda de arrecadação, o tíquete médio é de R$ 58,26 e segue como o mais alto entre os clubes da elite. A temporada passada rendeu R$ 79,5 milhões de bilheteria, recorde no futebol brasileiro.

O Palmeiras volta a atuar como mandante daqui uma semana, contra o Fluminense (10), em compromisso adiado do Brasileirão, quase um mês depois do jogo diante do Bahia, realizado em 11 de agosto.

Arrecadações:
2018: 47,1 milhões
2017: 45,3 milhões
2015: 43,8 milhões
2016: 42,7 milhões
2019: R$ 39,3 milhões
Com 22 jogos como mandante como na atual temporada

Arrecadações ao fim de cada ano:
2018: 79,5 milhões (37 jogos como mandante*)
2015: 76,7 milhões (38 jogos como mandante)
2017: 62,2 milhões (34 jogos como mandante)
2016: 59,5 milhões (33 jogos como mandante)
Jogos dentro e fora do Allianz Parque

  • Rafael Bullara

    Rafael Bullara

    Formado em jornalismo, foi editor do Lance!, onde ficou por 12 anos. MBA em Gestão e Marketing Esportivo na Trevisan Escola de Negócios