Dudu responde críticas no campo, e já lidera números de assistências no Palmeiras

Dudu responde críticas no campo, e já lidera números de assistências no Palmeiras

(Foto: César Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)

Dudu foi o grande nome da vitória do Palmeiras sobre o Junior Barranquilla por 3 a 0, ontem, no Allianz Parque pela quarta rodada da fase de grupos da Libertadores.

O camisa 7 que vinha sendo um dos nomes mais cobrados pela torcida após a eliminação do Paulista, respondeu as críticas em campo, e participou dos 3 gols da partida.

Com um gol e uma assistência, Dudu chegou a 3 gols marcados em 2019, e o passe de letra magistral para Hyoran garantiu a quarta assistência do camisa 7 no ano, se tornando o maior garçom da equipe.

Perguntado sobre Dudu na coletiva, Felipão afirmou não ter nada de diferente para cobrar do atleta. "Nós temos estatísticas desses últimos 4 anos, que provam o quanto que o Dudu cresce no segundo semestre. É um jogador que a gente confia muito.", disse Scolari após o jogo.

Realmente vem sendo uma marca de Dudu no Palmeiras esse primeiro semestre oscilante. Em 2016, ainda na ressaca do título da Copa do Brasil, o baixinho só 'acordou' para o ano após a chegada de Cuca.

Após o gol do chapéu no Dérbi e a braçadeira de capitão, Dudu liderou o time rumo ao Eneacampeonato Brasileiro.

Em 2017 a história se repetiu, mesmo ficando com o vice-campeonato brasileiro, Dudu fez um segundo semestre digno, sendo um dos artilheiros e destaques da equipe.

Já em 2018, a turbulência após a final do Paulista foi grande. Uma proposta da China quase acabou com a bonita história de Dudu no clube, mas por sorte dos palmeirenses, ele ficou, e ainda garantiu o prêmio de Craque do Brasileirão do time decacampeão.

A torcida espera que em 2019 a história se repita, uma vez que o atacante é o termômetro do time, e quando está endiabrado carrega o Palmeiras com ele.

Ontem, Dudu ultrapassou Arce e entrou para o Top 10 de atletas com mais jogos pela SEP na Libertadores. Já são 26 partidas, com 4 gols e seis assistências na competição continental.

Com mais uma belíssima apresentação no Allianz Parque, Dudu também ampliou os seus números na nova arena alviverde. Ele é quem mais atuou (106 jogos), quem mais marcou (28 gols), e quem mais deu assistências (27), na casa palmeirense.

Por fim, o golaço de ontem foi o de número 58 de Dudu com a camisa do Palmeiras, o maior artilheiro do Século no clube.

  • Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim, 28 anos, detesta quem assiste ao jogo sentado e tem como grande ídolo Armando Nogueira. Formado em Jornalismo pela UMESP em 2012, cobriu a Copa do Mundo da Rússia pelo jornal Lance!